Carcassonne – França

Carcassonne a cidade emuralhada, que leva o título de a maior fortaleza da Europa! Na cidade existem registros humanos desde o séc 6 a.c, uma das cidades mais visitadas na França, e em 1997  foi classificada como Patrimônio Mundial da UNESCO

 

Caracassonne

Eu já estive duas vezes na cidade, confesso que foram experiências bem diferentes.

A primeira vez fui no inverno (Fevereiro), ou seja, a cidade estava vazia e tranquila para andar pelas suas inúmeras ruazinhas, porem por ser fora de temporada, nem todas as lojas estavam abertas. Já a segunda era início do verão e cheguei por lá no final de Junho o que já fez da cidade se transformar em um verdadeiro formigueiro (dizem que Julho e Agosto é pior), é bem bacana você pegar um local mais movimentado e com todo o comércio aberto, mas acredito também que esse fator desanima um pouco e deixa a viagem mais cansativa.

Carcassonne é um complexo arquitetônico medieval, restaurado no séc XIX o que faz da cidade estar em perfeitas condições, com as suas 52 torres inteiras somando 3 km de muros que podem ser percorridos pelo lado de fora das muralhas e parte delas podem ser vistas de cima, caminhado pelo próprio muro.

A cidade é dividida pelo rio Aude onde de uma lada encontra-se a Cidadela e do outro La Bastide Saint-Louis, hoje vamos falar especificamente da cidadela, onde se encontra a cidade murada!

Carcassonne
Carcassonne

Construído sobre uma colina, a cidade já estava ocupado em 800 a.C, embora tenha sido fortificada pelos romanos. 

Devido à sua localização estratégica , onde duas estradas principais cruzam o Atlântico para o Mediterrâneo, e do Maciço Central para a Espanha , a cidade foi alvo de inúmeras batalhas e conquistas.

Para chegar existem várias opções. Carcassonne está a 300 Km de Barcelona, 90 Km de Touluse e 440 Km de Lyon, chegar de carro pela auto estrada é uma opção, mas se você preferir pode optar por trem ou até avião, já que a cidade conta com um aeroporto que recebe vôos diários de outros países europeus.

Se você optou por ir de carro, a dica é chegar cedo na cidade (principalmente no verão), existem vários estacionamentos próximo da entrada principal, porém eles enchem muito rápido e a outra opção seria parar o carro na parte debaixo da colina e subir a pé até a cidadela.

Caracassonne
Caracassonne

Dentro do complexo, além das inúmeras lojinhas, restaurantes e hotelaria (que vamos falar mais adiante) existe o castelo, uma fortaleza dentro da cidade que foi construído no séc. XII

Para visitar o castelo tem um valor de € 9,00 com esse ticket é possível conhecer todos o locais do castelo: muralhas, quartos, um pequeno museu e uma sala de audio visual com uma breve explicação da cidade.

Se quiser se aprofundar um pouco mais, existe a opção de audio guide que tem uma taxa extra, vale bastante a pena para que você compreenda cada canto do castelo.

Para conhecer todo o castelo, você irá levar de 1 a 2 horas, depende muito do seu interesse! Eu recomendo o passeio, pois é a melhor maneira de compreender a história da cidade e também como eram as defesas em períodos de conflitos.

<< Ao lado, uma maquete como uma representação fiel dos muros da cidade, talvez seja um dos pontos mais importante do passeio quando se está com o audio guide, é o momento em que traz as informações da construção, dos conflitos e da geografia do local.

 

 

Carcassonne
Carcassonne

A melhor maneira de ver a cidadela é caminhando por ela. Carcassonne mantém o layout das cidades europeias medievais, com ruas estreitas de paralelepípedos, praças isoladas, casas com fachadas de enquadramento, bairros de artesãos e inúmeras pequenas lojas com produtos de qualidade e altos preços.

E quando disse que no verão a cidade se transforma em uma verdadeiro formigueiro, essas pequenas ruas e pequenas lojinhas são invadidas pelos turistas chegando até tirar um pouco do seu charme, então se você tiver opção eu sugiro que escolha outra época, se não tiver opção indico que chegue cedo para pegar o local um pouco mais vazio.

Além do castelo e do passeio pelas ruas da cidade, Carcassonne também conta com uma Catedral, que é muito bonita e vale a pena entrar para conhecer. Não é muito grande, mas independente do seu tamanho, não deixe de admirar o seus vitrais que levam o título dos vitrais mais bonitos do sul da França.

Carcassonne
Carcassonne

A Catedral de Saint-Nazaire é de origem românica, cuja as partes mais antigas datam o séc XI, entre 1269 e 1300 a igreja foi ampliada no estilo gótico, dizem que é um magnifico exemplo de uma combinação harmoniosa entre os dois estilos arquitetônicos.

Carcassonne
Carcassonne

Infelizmente só tive a experiência de comer na cidade da primeira vez que eu fui, como isso fazem mais de 5 anos não saberia dizer se o restaurante ainda é uma boa indicação. Independente do restaurante a dica para a refeição do dia é um bom Cassoulet, que é um prato típico da França principalmente da região de Carcassonne que foi onde nasceu esse prato. Uma comparação bem chula seria: Feijoada com feijão branco. Claro que os tipos de carne mudam muito, pois são regiões completamente diferente, mas a estrela do Cassoulet é o pato.

Se você é fã de um ensopado, você não vai se arrepender! Estou escrevendo esse posto e minha boca está salivando, só de lembras daquela caçarola muito quente trazendo um feijão branco bem molhadinho, cheio de caldo e cheio de carne para ser devorado em 3,2,1 …

Antes de ir embora, não deixe de passar na La Cure Gourmande, uma lojinha de doces e biscoitos que fica na rua principal (a mesma rua que entra e sai da cidade) essa loja além de muito bonita e colorida eles vendem uns biscoitinhos deliciosos e as variedades de sabores são inúmeras. Se você ficar na dúvida solicite a algum vendedor para provar alguns sabores, isso se eles não te oferecerem logo na entrada da loja.

Além de ser uma ótima opção de belisco ao longo da viagem, a loja oferece latas de biscoitos que são verdadeiros presentes.

La Cure Gourmande - Carcassonne
La Cure Gourmande – Carcassonne

Se você tiver tempo, eu recomendo muito que fique até a noite ou chegue um dia antes para que você possa ver o castelo todo iluminado, é muito bonito, vale a pena e rende boas fotos!

A cidade pode ser feita tranquilamente em meio período, caso você queira curtir os restaurantes, bares e apenas apreciar o local um dia é suficiente para esse destino! Hotéis é o que não faltam na região, você pode escolher por ficar dentro da cidade murada, ou aos pés da colina.

Se estiver de passagem para Touluse, indicamos passar por: Cordes ou Albi

Carcassonne
Carcassonne

Deixe uma resposta