A escolha do adeus e as voltas que a vida dá

Nosso blog ganhou mais um história super bacana para fazer parte da série #Partiu, um projeto que a princípio tinha inicio, meio e fim. Perto do fim, a Carol decidiu que ainda não tinha chego a hora de acabar, ou talvez estivesse na hora de começar um novo projeto e uma vida nova no país e com o homem que ganharam o seu coração!

A Carol mora na França e nos conta como foi mudar todos os seus planos, deixar tudo para trás e embarcar em uma nova aventura.

Por: Caroline Bittencourt

Provence - França
Provence – França

A vida é feita de escolhas. Desde pequenos, aprendemos a fazer escolhas, e com o tempo, aprendemos a pesar melhor nas consequências antes de fazermos uma escolha.

De longe, mudar pela terceira vez de faculdade e passar dois anos planejando meu intercâmbio de estágio de fim de curso na França foi a escolha mais certa que fiz na vida, independente das escolhas seguintes.

Dois anos foi tempo suficiente pra planejar tudo nos mínimos detalhes. A venda do meu carro, meus 3 meses na Irlanda, os 6 meses na França, a volta pra Irlanda para fazer minha vida, as férias para pegar meu diploma de gastronomia no Brasil… Enfim, estava tudo muito bem planejado e andando tudo nos conformes…

Até que quando me vi com o coração apertado de ansiedade para que a parte francesa do meu planejamento passasse rápido, porém a imagem da cote d’azur pela janela do avião me deu uma outra escolha a se fazer.

IMG_0416

Escolhi aproveitar cada dia, agarrar todas as oportunidades possíveis, aprender ao máximo possível… E essa escolha fez com que o resto dos meus planos parassem de fazer sentido.

Uma semana sozinha fez com que eu me conhecesse melhor do que nos 21 anos convivendo comigo mesma. E ao me conhecer, vi que finalmente encontrei meu lar (foi mal, mãe!).

Troquei alianças com a França, fiz juras de amor a provence, a região que moro. Não tanto à Aix en Provence, onde fiz meu estágio, que como todo lugar do mundo tem seus defeitos. Mas agradeço a Aix, suas pequenas ruelas de pedra impossíveis de andar de salto alto e bares caros mas com boas cervejas, pela vida que levo hoje.

Aix en Provence - França
Aix en Provence – França

Essa semana faz 1 ano da melhor escolha da minha vida. Aquele meu nervosismo de num francês capenga pedir uma noite de folga pro meu chef e sair explorar a cidade. Conversar com completos desconhecidos, passar noites incríveis me divertindo e conhecendo lugares.

E mais importante, conhecendo o amor da minha vida e ganhando a experiencia necessária pra começar minha carreira com pé direito.

Começar a me relacionar com meu namorado foi um baita upgrade ao meu intercâmbio, já que meus dias de folga se baseavam em gastar meu ralo salário suado em roupas, maquiagem, e vinhos.

Com ele, passei a trabalhar o correto de acordo com meu contrato, ter os finais de semana livres para pegar o trem e visitá-lo, 1h de distância a Toulon. De explorar uma só cidade, comecei a explorar um departamento, minhas habilidades de francês e muito mais da cultura dia-a-dia da França.

IMG_0415

Então o tempo começou a passar rápido, eu não tinha ideia pra onde ir, o que fazer depois que o estágio acabasse, eu só tinha a certeza que meu coração se revoltaria contra mim se eu fosse embora daqui.

Eu estava apaixonada, finalmente tinha me identificado com um lugar tão profundamente, e senti minha vida profissional no caminho certo; mas me vi, pela primeira vez na vida, sem um planejamento feito, com escolhas cada vez mais confusas a se fazer.

Meu namorado foi a luz no fim do túnel. Decidimos juntar os trapinhos e aqui estou, contando pra vocês um pouco da minha história.

Acredito que a receita pra se aproveitar ao máximo um intercâmbio é agarrar oportunidades sem pesar tanto as consequências. É focar em você, no que te faz feliz. É xingar todo mundo que te faz passar raiva na sua língua nativa, é não criar expectativas altas, e definitivamente, não brigar com a vida quando ela decide jogar seus planos no lixo.

A vida é imprevisível, basta olha-la positivamente para se surpreender das melhores formas possíveis. Não posso dizer que estou vivendo um sonho, pq nunca sonhei que minha vida se tornaria tudo isso. Então prefiro dizer que estou vivendo minha vida, e ela é incrível! Estou ansiosa pras próximas voltas que ela vai tomar!

Bisous

Caroline Bittencourt

Deixe uma resposta