Parque Nacional do Grand Canyon

Grand Canyon

Em 1903, o presidente dos Estados Unidos, o Theodore Roosevelt visitou o local e disse: “O Grand Canyon me enche de orgulho e admiração, está além de comparação, além da descrição, absolutamente sem paralelo durante todo o vasto mundo … Deixe essa grande maravilha da natureza permanecer como agora é não fazer nada para estragar a sua grandeza, sublimidade e beleza. Você não pode melhorá-lo,  mas o que você pode fazer é mantê-lo para os seus filhos, filhos de seus filhos, e todos os que vêm atrás de você, que possam conhecer.

E assim em 1919 o local foi determinado como um Parque Nacional!

Agradeço ao Theodore Rossevel por isso e espero que um dia possa voltar a esse lugar com os meus filhos, pois é realmente ESPETACULAR!

Quando decidimos que iriamos fazer a viagem pela Califórnia e que iriamos passar por Las Vegas, sem pensar muito o Grand Canyon entrou para o nosso roteiro.

Confira como foi a nossa passagem por Las Vegas, clique aqui para ler o post.

Decidido que nós iriamos conhecer o local, começamos a fazer uma breve pesquisa sobre o destino.

Conheço algumas pessoas que fizeram o passeio de helicóptero. Saindo de Las Vegas e indo até os Canyons, alguns passeios inclusive oferecem um pic-nic no meio das rachaduras, pensei comigo, que passeio incrível. Você vê tudo lá do alto e ainda pousa no meio daquela maravilha para um pic-nic ? Bacana essa pode ser uma opção. Porem não precisou muita pesquisa para descobrir o valor da brincadeira, e não era para o nosso bico aquele passeio. Você encontra de todos os valores, mas a média de preço é de US$ 100 por pessoa,não queríamos gastar isso tudo nesse passeio.

Grand Canyon
Grand Canyon

A próxima opção e a mais comum era ir até o skywalk, a famosa passarela de vidro no meio dos Canyons, aquilo não nos chamou muita atenção, uma vez que você tinha um espaço super limitado para ver aquela imensidão, lendo mais um pouco descobrimos que o skywalk não está localizado na parte mais bonita dos Canyons, quando chegamos na parte do preço, achamos muito caro pelo o que era oferecido (algo em torno de 70 dólares)

Nossa última opção era ir até o Parque Nacional do Grand Canyon. Essa opção embora fosse a mais longa (em Km) nos pareceu a mais legal, atrativa e bonita! Se era os Canyons que nós queríamos ver era para o parque que nós deveríamos ir.

.A caminho do Grand Canyon
.A caminho do Grand Canyon

Para isso, acordamos às 5:30 da manhã, pois tínhamos que dirigir 400 Km para chegar até o parque. Nós dirigimos 4 horas para ir mais 4 horas para voltar (alguns dizem que somos loucos, eu diria aventureiros), e eu afirmo que foi a melhor loucura aventura dessa viagem, nunca iria me perdoar por não ter feito isso!

Muitos podem estar pensando que tempo também é dinheiro, mas o caminho foi lindo, o destino final foi incrível e valeu muito a pena cada km rodado.

O Parque Nacional do Grand Canyon

Site do parque

Grand Canyon
Grand Canyon

Em 1979, O Grand Canyon National Park foi nomeado pela UNESCO como Patrimônio Mundial, também já foi várias vezes considerada uma das Sete Maravilhas Naturais do Mundo.

O Grand Canyon, é valorizado pela sua combinação de tamanho, profundidade e camadas expostas de rochas coloridas que datam pré-cambriano (que é o período mais antigo conhecido na Terra, foram a mais de 4 bilhões de anos atrás) . O Canyon em si foi criado pela incisão do rio Colorado e seus afluentes. Caracterizada por rochas sedimentares quase horizontais levantadas 5.000 a 13.000 pés acima do nível do mar. O clima árido do planalto e o poder do vento e da água produziram muitas formas de erosão marcantes, criando então o Grand Canyon.

Grand Canyon
Grand Canyon

Como chegar

O parque está localizado no Arizona e existem duas entradas para o parque.

Entrada Sul pela  Arizona State Route 64 e a entrada Norte, acessado por State Route Arizona 67. 

As indicações gerais é que você entre pela entrada Sul, a estrada é mais segura e também é por lá que você terá acesso ao centro de informação turística.

O Parque

A infra-estrutura do parque é incrível, afinal eles recebem mais de 5 milhões de turistas ano.

O parque conta com várias opções de rotas, das mais fáceis as mais difíceis, das mais curtas as mais longas. Há quem acampe no meio das trilhas de tão longas que são, se você é do estilo turismo de aventura, com certeza aqui está uma boa opção.

Grand Canyon
Grand Canyon

Nós fomos na mais fácil e a recompensa foi incrível, fico imaginando como seriam as outras, já que dizem que quanto maior e esforço maior a recompensa, não é ?

Não bastou muito tempo de uma caminhada (nível fácil) para a gente se deparar com um cenário incrível. E logo no primeiro ponto já quase acabamos com o filme bateria da máquina. Foram muitas fotos, a cada passo a impressão era que o clique iria ser melhor e foi assim que irritamos a minha prima que nos acompanhava e não aguentava mais a frase: Nossa, tira uma foto aqui! Fato que depois chegando em casa e descarregando a câmera, percebemos que talvez tenha sido exagero.

Conforme você vai andando, vamos achando muitas pedras, que invadem o penhasco e a sessação de que precisávamos arriscar um pouco por uma vista e talvez um clique ainda mais legal parecia nos comer por dentro e lá fomos nós desbravar essas pedras. Resultado: as fotos ficaram incríveis! Difícil foi escolher uma para o porta retrato!

Gosta de Parques Naturais ? Confira como foi nossa passagem pelo Death Valley National Park e Yosemite

Ao final desse pequena trilha, encontramos um pequeno museu, com algumas informações do parque, formações rochosas e da biodiversidade do local.

Se você tiver tempo a minha dica é que fique em alguma cidade próxima, para que você possa aproveitar o dia inteiro no parque e possa se arriscar em algumas trilhas que não sejam as mais simples.

Grand Canyon
Grand Canyon

Uma opção interessante para aqueles que querem fazer trilhas mais longas é dar uma olhada na rota do ônibus oficial do parque, esse ônibus fica dando uma volta pelas principais trilhas, ou seja se você quiser ir até algum ponto, mas não quer voltar, pode optar por uma das trilhas que tenha o ponto de ônibus e pegar ele para voltar.

Hospedagem

Como eu já disse eu não fiquei hospedada na região, porem fui buscar algumas indicações e encontrei algumas dicas dentro do próprio site do parque.

Hotel – Thunderbird Lodge

Para quem vai pela entrada Sul, todos os hotéis que estão localizados na área da aldeia e Phantom Ranch.

Para quem vai de motorhome também tem opção de estacionamento e uma vila, o Trailer Village

Pela entrada Norte GC Lodge  esse alojamento é gerido pelo pessoal do Parque Nacional.

Nosso dia estava chegando ao fim, e tínhamos ainda 400 km pela frente, voltamos e optamos por pegar um pequeno pedaço da rota 66!

Grand Canyon
Grand Canyon

 

Deixe uma resposta