Las Vegas

Las Vegas

E lá fui eu para mais um clichê turístico, Las Vegas. Conhecida como a capital do entretenimento mundial, a cidade conta com atrações suficientes para quantos dias você quiser.

Eu resolvi ser do contra, não deixei guardado em Vegas o que aconteceu por lá e por isso, hoje divido tudo com vocês.

Líder global na indústria de hospitalidade, Las Vegas é hoje um dos principais destinos do mundo!

Por lá rodam mais de 42.000 turistas por ano (dados de 2015). São 149.000 habitações distribuídas nos mais distintos hotéis e resorts que fazem parte das grandes atrações da cidade.

Se você quer ganhar dinheiro, talvez lá seja um bom lugar para você tentar a sorte. São milhares de mesas de jogos e maquininhas de casino espalhadas por todos os cantos.

Se você quer perder dinheiro, lá com certeza também é o lugar.  Jogando, com as mulheres, com balada, com bebida ou com show! Las Vegas não é um destino caro, mas a quantidade de dinheiro que pode se gastar por lá é infindável!

Las Vegas

Passear pelos cassinos chamou a minha atenção por 30 minutos. Achei incrível o que eles fazem dentro dos hotéis e o universo que eles constroem lá dentro, mas há um momento em que tudo aquilo se torna repetitivo. Embora seja um mais diferente do que outro, a essência em si permanece a mesma.

Acho que é um destino válido para conhecer, mas na minha opinião é: vá, visite, conheça, curta e obrigada, não volto mais!

Eu diria que um ou dois dias são suficientes para a cidade, mas é verdade que se você quiser ficar uma semana por lá, vai encontrar o que fazer também. Só te digo  obrigatório é passar um noite, porque afinal de contas, é quando tudo acontece. Se São Paulo tem fama de ser a cidade que nunca dorme, não sei como classificar Las Vegas!

Nós passamos dois dias e três noites. 0 nosso primeiro dia foi inteiro dedicado ao Grand Canyon, que não é necessariamente Vegas, mas que pela proximidade vale muito.

Visitamos o Parque Nacional do Grand Canyon, confira todos os detalhes nesse post.

Na noite após o passeio pelo Grand Canyon, andamos pela Strip Avenue: avenida mais movimentada e onde está praticamente tudo que é relevante!

Nós estávamos muito cansados, então a caminhada foi rápida e o foco ficou para o show do Bellagio.

O show acontece em frente ao hotel . É possível assistir de vários pontos da Strip, sendo que reinicia a cada 30 minutos no período da tarde e a cada 15 minutos das 20:00 à meia-noite. Sendo assim se estiver muito cheio e não conseguir assistir, aguarde o próximo, pois vale o tempo/a pena;)

Recomendo que você assista à noite, pois além das águas bailantes, o show é todo iluminado! É impressionante a maneira como a água dança  no compasso  da música.

Estima-se que custou US $ 40 milhões para construir todo o projeto.

O show do Bellagio serviu de inspiração para o show das águas dançantes de Dubai. Nós contamos nesse post sobre a atração.

No segundo dia, o objetivo era mesmo conhecer os hotéis!

Ficamos hospedados no Vdara um hotel simples para os padrões de Las Vegas, mas ótima escolha para quem quer ficar no centro de tudo. É um hotel sem muito agito, porém aconchegante. Tivemos a sorte de pegar um quarto com vista para a Strip, onde era possível assistir um pedaço do show das águas dançantes, um quarto tão grande, acho que tinha o tamanho do meu apartamento, Las Vegas é mesmo exagerada em tudo o que faz.

Hotel Aria

O Aria foi uma das primeiras opções por estar ao lado do nosso hotel. Diferente dos muitos hotéis da cidade esse não tem um tema, ele é moderno (foi concluído no ano de 2009) e é muito luxuoso. Uma clássica revista de tecnologia dos Estados Unidos, a Popular Mechanics, descreveu o hotel como possivelmente “o hotel mais tecnologicamente avançado já construído”. São 4.000 suítes em um único hotel, aliás acho que essa é a parte maluca de Las Vegas, o tamanho dos seus hotéis!

Las Vegas
Foto – By King of Hearts

Hotel Luxor

Bem próximo ao Aria, encontra-se o Las Vegas Monorail, uma interligação moderna entre os hotéis da Strip.,Pegamos esse transporte que é por acaso for free e fomos para o Luxor.

Luxor é o famoso hotel temático com a pirâmide do Luxor (Egito). Ao entrar, você é praticamente transportado para aquele ambiente egípcio de faraós e esfinges. Sendo o quinto maior hotel de Las Vegas e o nono maior do mundo, possui no total 4.400 suítes. Devo aqui dizer que é um hotel mais velho, foi inaugurado em 1993 e já passou por várias reformas!

Curioso também, que a ponta da pirâmide tem uma luz tão forte que é possível de se enxergar da estação espacial.

Las Vegas
Foto – By Miguel Hermoso Cuesta

Venetian

O Hotel Venetian, como o próprio nome sugere, possui o tema da linda e bela cidade italiana>  Veneza . A reprodução é incrível e pra mim foi o hotel mais impressionante. Até andar de gôndola, com gondoleiro cantando é possível.

O hotel foi inaugurada em 1999 e é considerado um dos hotéis mais luxuosos e caros de todo os Estados Unidos, as diárias vão de US $ 562 – US $ 10.000 por noite. Bem tem muita gente pagando, afinal são 4.000 suítes.

Um fato muito curioso dos hotéis em Vegas, mas que é muito evidente no Venetian, é que nenhum deles possui janelas. Isso é para que você não perceba que está escurecendo.  Em português bem claro a ideia é que você perca a noção do tempo e nunca pare de curtir, quer dizer gastar. No Venetian, o teto é representado por um céu tão azul, e tão real, que ali sempre é dia, independente do horário.

Las Vegas
Las Vegas – The Venetian

Las Vegas Strip

Las Vegas tem muitos lugares para se gastar dinheiro, mas também tem muita coisa para se ver que não se precisa pagar 1 centavo. Por exemplo, a visitação dos hotéis.

Reserve um tempo para andar pela Strip,  avenida alucinante da cidade, é aqui que estão situados a maioria dos hotéis da cidade, é só escolher e entrar.

Passear pelas lojas da Strip pode ser uma atração,  lojas como a da Coca Cola e do M&M, são duas que valem a pena entrar e conhecer.

Zappos

Zappos é uma empresa de e-comerce que foi comprada pela Amazon por milhões (nos EUA é uma empresa muito conhecida, no Brasil nem tanto).

Bom você deve estar se perguntando o que isso tem a ver com Las Vegas ? Após ler o livro  Satisfação Garantida, o qual relata a cultura da Zappos, a maneira como eles atendem os clientes e como cuidam dos seus colaboradores, eu me apaixonei pela empresa. Por estar situada em Vegas e também por  e permitir que as pessoas visitem o escritório, não pensei duas vezes. Na época trabalhava no RH, com endomarketing e não poderia deixar a oportunidade escapar! Se você é empresário ou trabalha com atendimento ao cliente ou com gestão de pessoas, com certeza esse lugar vai te interessar muito. A visita de Benchmarking foi realmente inspiradora.

Las Vegas
Las Vegas – Zappos

Show Le Reve

Optamos pelo aprensetação Le Reve. É toda performada embaixo d’água e é sensacional. Inclusive o Cirque du Soleil tem uma peça com o mesmo conceito, alguns amigos que foram nos dois, recomendaram o Le Reve e lá fomos nós!

É bem impressionante o que acontece naquele espetáculo, o teatro não é muito grande,é circular, dando a oportunidade de todos terem uma ótima vista do palco-piscina.

Fica a dica: compre com antecedência. Falando em antecedência, chegamos mais cedo para conhecer o hotel Wynn, que é o hotel que hospeda o show. Nenhuma temática especial, porém vale o passeio pelo puro luxo e pelos jardins presentes nos quatro cantos.

Um hotel bem menor com “apenas” 2.700 quartos, inaugurado em 2005. Se você busca uma gastronomia renomada, dê uma oportunidade ao Wing Lei (restaurante chinês), o qual recebeu uma estrela Michelin e está situado dentro do Wynn.

Fremont Street

Hoje a Fremont Street é a segunda avenida de Las Vegas. Já foi o local onde abrigava os principais cassinos da cidade, mas com o tempo perdeu o seu glamour para a Strip.

Para reconquistar o público foi construído um calçadão com uma cobertura e um painel de Led gigante. De tempos em tempos, acontecem apresentações no painel enquanto na rua, outros shows ao vivo, muita música e bagunça! A festa rola solta a noite toda por ali, então não se preocupe com o horário. Apenas lembre-se que quanto mais tarde, mais bêbados espalhados por lá você vai encontrar.

Las Vegas
Las Vegas – Foto By Michael Pead

Shows

Acredito que assistir um show em Las Vegas é um investimento, é viver um experiência!. Na sua grande maioria, são super produções, algo que dificilmente se vê no Brasil.

Vamos a listar alguns deles para você:

LOVE – Se você é fã ou ao menos gosta dos Beatles, talvez esse seja o show pra você! O Cirque du Soleil montou uma apresentação em homenagem a banda.  O espetáculo todo é envolta de grandes clássicos dos Beatles, mesmo para quem curte, não tem como não gostar.

ONE – Ainda na linha de homenagens, esse é para os fãs do Michael Jackson. Literalmente, uma viagem ao mundo e as músicas de Michael, obviamente também do Cirque du Soleil.

O – Esse é um show muito parecido com o Le Reve, o show que relatei aqui em cima, porém do performático Soleil.

– Mais um do Cirque, sendo que. o Ká brinca com duas plataformas móveis ao longo de todo o espetáculo, seduzindo o público s com uma certa ilusão de ótica do público.

Blue Men – Se você não assistiu essa apresentação no Brasil, esta pode ser uma ótima oportunidade. De uma maneira muito divertida, o show traz  diferentes tipos de sons que captam a curiosidade dos espectadores.

Para os adultos, Las Vegas oferece uma série de shows de striper. Aliás algo que é muito comum por lá são:  pessoas abordando os homens para oferecer cartão de prostitutas (mesmo aqueles que estão acompanhados são abordados, na maior cara de pau). Não assustem rs…

Outras opções, clique aqui.

Saindo de Las Vegas, continuamos nossa viagem sentido o Death Valley National Park e Yosemite

 

3 comments

    1. Eu adorei o O! Foi fantastico e eu super indico! Fiquei no Tropicana e foi maravilhoso! Hotel com cheirinho de baunilha! E otimo preco!
      Ainda fui num casamento feito pelo Elvis! Vale mega a pena tambem!

Deixe uma resposta