Museu de História Natural

Museu de História Natural

Você é do tipo que não gosta de museu? Muito provável você nunca tenha ido a um Museu de História Natural.

Se você assistiu ao filme uma noite no museu, deve imaginar o quanto pode ser divertido e interessante. Acha que aquilo tudo era cenário? Vou te contar: ele existe! E existem vários deles espalhados pelo mundo. 😉

Infelizmente o Brasil é ainda muito carente no quesito museus. Existem alguns interessantes, mas ainda tem muito o que evoluir.

O problema é que a falta deles (na nossa educação) faz com que muitos de nós crie um pré-conceito com esse tipo de passeio. Sem ao menos conhecer rotulamos como: passeio de velho ou passeio desinteressante. Vamos dar uma chance e mudar essa realidade?

Nos países do primeiro mundo é muito comum a gente ver crianças de todos as idades fazendo excursões escolares dentro dos museus, afinal de contas eles são considerados extensões das salas de aulas. Fantástico!

Museu de História Natural
Museu de História Natural

Para pegar gosto por esse tipo de atração eu indico começar pelo Museu de História Natural. Se estiver com criança melhor ainda, diversão garantida e se prepare para responder inúmeras dúvidas.

Esse tipo de museu conta a história do planeta.

História das plantas, animais, pedras, evolução do homem, conchas e coisas que às vezes nem imaginamos.

Museu de História Natural
Museu de História Natural

Para você ter uma ideia, o museu de História Natural de Londres, que é um dos maiores, são mais 80 milhões de espécies. Vão desde esqueletos de dinossauros, mamutes, baleias, entre outros animais empalhados, até uma vasta coleção de conchas e espécies de microorganismos.

Museu de História Natural
Museu de História Natural

Já o de Nova Iorque, são 30 milhões de fósseis incluindo o de um Dinossauro T-Rex de 15 metros de altura, sendo que é o próprio quem te recebe na entrada do museu.

Leia também:

O de Washington D.C conta com mais 125 milhões de espécies de plantas, animais, fósseis, minerais, rochas, meteoritos e objetos culturais humanos.

Museu de História Natural
Museu de História Natural

Eu já tive a oportunidade de conhecer os de: Washington D.C, Nova Iorque, Londres e Dublin. Confesso que cada um foi um passeio completamente diferente. Além do acervo incrível de cada um deles, o prédio a arquitetura do local também chama a atenção.

Museu de História Natural
Museu de História Natural

Sempre interessantes e divertido essa imersão em um universo tão pouco explorado por mim. Porém, quando me dedico a entrar, normalmente são de 3 a 4 horas que passam voando. Na real? Não é nem um pouco cansativo.

Animais no seu tamanho real, dos quais nunca cheguei perto e provavelmente se eu ver um vivo também não chegarei.

Museu de História Natural
Museu de História Natural

Você já ficou lado a lado de uma girafa? É tão legal chegar perto dela e se dá conta que não temos nem a altura da perna dela.

E os dinos do Jurassic Park? não se comparam com a sensação de estar ao lado de um.

Se você já assistiu procurando Nemo vai compreender facilmente como foi que a Dori foi parar dentro de uma baleia e imagina o quanto a pobrezinha era pequena.

Museu de História Natural
Museu de História Natural

Se no passado algum professor de Ciências te passou a árdua tarefa de montar um insetário, você irá se frustrar ao se lembrar do que entregou.

Museu de História Natural
Museu de História Natural

Ah, conchas? Já pegou muitas na praia né? Vibrou com cada uma diferente que a onda trazia? Você irá desacreditar do que o universo é possível com a variedade de conchas que existe. Formas e cores impensáveis. Todas feitas pela mãe natureza e não pelo mão do homem, é incrível!

Leia também:

Museu de História Natural

Se você é do tipo que acha que o mundo gira em torno do seu umbigo, ao entrar em um museu desse vai se dar conta que você é um “nada”. Chega a ser inimaginável a quantidade de espécies de animais e plantas que existem em nosso planeta.

 

Muito do que é visto é real, animais empalhados e fósseis. Caso não seja, pode ter certeza que a reprodução de cada um deles é fidedigna.

No meu caso em quase todos ao me deparar com o tamanho das baleias, lulas entre outros animais eu cheguei a duvidar que o animal fosse daquele tamanho e sim, eles são! 

Museu de História Natural
Museu de História Natural

Esse tipo de museus não é zoológico e nem aquários, ou seja não vamos encontrar animais vivos. 

O mais bacana é que esse tipo de passeio é acessível a todos, a entrada é de graça. =D No caso dos quatro que eu visitei eu não paguei um centavo para entrar. Aliás eu paguei sim, como doação e que foi totalmente de livre espontânea vontade.

Bem na entrada de cada um deles, eles pedem doações para manter o acervo e você pode doar o quanto quiser e o quanto julgar que aquele passeio vale. A ideia de ser free é justamente com um único objetivo: ser acessível à todos!

É muito comum esbarrar com monitores que estão espalhados por todas as salas, geralmente com algum objeto na mão: pedras, esqueletos, conchas e por aí vai… Os voluntários (na sua maioria) estão lá para explicar melhor determinadas seções e proporcionar ao visitante uma verdadeira experiência.

Museu de História Natural de Londres
Museu de História Natural de Nova Iorque
Museu de História Natural de Washington D.C
Museu de História Natural de Dublin

Dentre todos o que eu conheci o de Dublin é o menor, com 1 hora é possível dar um giro pelo local para conhecer.

Já os de Washington, Nova Iorque e Londres recomendo que reserve no mínimo 3 horas.

E aí, você conhece algum museu de história natural? Conte para nós qual deles você conhece e como foi a experiência?

2 comments

  1. Eu sou apaixonada por museus e quero muito transmitir essa paixão a meu filho. Jà o “arrastamos” para vàrios em Berlim, mas em julho em Santiago serà a verdadeira prova de resistência (na época ele tinha 1 ano e 3 meses e hoje ele està com quase 3).

    Nossa ideia (futura, claro) é justamente levà-lo aos poucos e ir apresentando algumas obras. Talvez mostrar antecipadamente em casa, para depois vê-la pessoalmente (por sorte temos o Masp e a Pinacoteca de SP perto de casa), mas sempre aos poucos.
    Museu é algo cansativo, principalmente em viagens!

    Também acho fantàstico os museus de Història Natural. Visitei apenas o de Viena e a cada passo que eu dava, pensava: “O Léo precisa crescer para ver tudo isso”.
    😉

    1. Ju, acredito que esteja certíssima! Também penso em fazer isso com os meus um dia (qdo tiver rsrs). Eu fico completamente maluca vendo as crianças nos museus prestando atenção e curtindo o que estão vendo! É uma pena a nossa cultura ser tão pobre nesse sentido. =x

Deixe uma resposta