Os tesouros da França – Mirepoix e VillaFrench

Para finalizar nossa viagem pela região de Occitânia na França ( leia também Cordes e Albi), arremetamos mais duas pequenas cidades muito charmosa!

Sair um pouco dos focos turísticos sempre nos trazem grandes surpresas, essa viagem que fizemos pela região de Occitânia ou Midi Piryneos, como preferir, foi incrível! Conhecemos pequenos vilarejos e mais uma vez perdemos a má impressão dos franceses e nos apaixonamos por esse país!

O Bonjour de um francês é como música para os meus ouvidos, um sotaque tão gostoso e a palavra soa como algo acolhedor! É possível isso ? Não sei, só sei que as minhas últimas experiências na França tem sido assim, super agradável!

Mirepoix

Já era o nosso último dia de passeio, uma segunda feira e decidimos que o destino seria Mirepoix, pois toda segunda acontece a tradicional feira medieval de Mierpoix.

Como eu adoro uma feirinha logo fiquei super animada! Quando eu era pequena, meu avô tinha um apartamento na praia e o que eu mais gostava depois da praia, era a hora de ir na feirinha, acho que nada mudou, a única diferença é que troquei o pastel e caldo de cana, por queijos e embutidos (Hummm dúvida de qual leva a melhor)

O cenário perfeito, uma praça agradável, rodeada de belos edifícios medievais, uma feirinha deliciosa com produtos locais, cercada de restaurantes e cafés. Tão pequena e acolhedora, que é possível dar a volta por todos os restaurante e voltar para escolher o seu preferido.

Mirepoix - França
Mirepoix – França

A cidade é charmosa e você não vai perder muito mais que duas horas (se almoçar por lá). A cidade foi reconstruída de acordo com os planos regulares de casas após grandes inundações em 1289. A praça tem preservado sua estrutura original medieval. Um local agradável e convidativo se estiver de passagem por lá, você não vai se arrepender de ficar admirando as casinhas coloridas que ganham a atenção de todos os turistas que ali se encontram.

Mirepoix - França
Mirepoix – França
Mirepoix - França
Mirepoix – França

Deixamos a feirinha e fomos em busca de um restaurante e para a nossa surpresa, estavam todos cheios de turistas e eu inocente achando que eu era a única!

Optamos pelo Le Saint Maurice, me pareceu um restaurante familiar e com um cheiro de comida caseira, a diferença era que comemos uma comida caseira francesa e não podia ser diferente, estava uma delicia. Para finalizar nada mais francês que um crepe de nutella, mandei ver!

Ao sair do restaurante, uma surpresa! As barraquinhas da feira já tinham ido embora. Foi algo como, em um dia nublado do nado o céu se abre e vem aquele sol! Então ao sair do restaurante nos deparamos com uma praça rodeada de casinhas medievais, claro que foi possível ver as casinhas mesmo com a feira, mas confesso que a sensação foi diferente ao ver aquela praça limpa e aquele colorido em forma de casa.

Mirepoix - França
Mirepoix – França

Villefranche-de-Conflent

Partimos então já em direção a Espanha, mais 130 Km chegamos em Villefranche-de-Conflent, mais uma daquelas cidades muradas! Mas essa foi diferente, ela não era uma cidade, aliás ela é uma cidade, mas acho que posso dizer que ela é um pequeno condomínio. Onde ao entrar você já vê o portão da saída!.

Villefranche-de-Conflent - França
Villefranche-de-Conflent – França

Um local super pequeno uma rua para ir e outra para voltar e pronto o seu passeio terminou, claro que no meio da caminho tem várias lojinhas bonitinhas, sorvetes artesanais e até alguns restaurantes para uma pausa.

Villefranche foi fundada em 1090 por William Raymond, conde de Cerdanya. Porem, devido a sua localização Villefranche já foi alvo de inúmeras batalhas e já pertenceu a mais de 3 reinos diferentes.

Em 1654  a cidade foi cercada por seis dias e saqueada pelos franceses. Finalmente em 1687 a cidade foi fortificada com elementos defensivos que permanecem até hoje e é parte importante da atração do local.

Villefranche-de-Conflent - França
Villefranche-de-Conflent – França

Em 1674 algumas famílias da cidade, decidiram conspiram para reunificar a cidade na Catalunha. No entanto, os rebeldes invadiram a cidade e a guarnição francesa foi massacrada. A coroa francesa reagiu rapidamente a estes fatos com os quais a cidade recuperou quase imediatamente. Alguns dos rebeldes escaparam para a  Catalunha, mas a maioria foi torturado, executado e desmembrado, e, por fim exibido nas paredes em gaiolas de ferro.

Dizem que a cidade pertence a Catalunha, mas está do lado da França! Independente disso, hoje os portões abertos ao público.

Em 2008, o grupo de 12 fortificações do governo francês, incluindo o de Villefranche de Conflent, foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO
Villefranche-de-Conflent - França
Villefranche-de-Conflent – França

Deixe uma resposta