A maravilhosa Campos do Jordão

Desde que cheguei para morar no Brasil, todos me perguntavam se já eu tinha visitado Campos de Jordão, uma cidadezinha fria que escapava das paisagens tradicionais brasileiras que te transporta momentaneamente para o antigo continente.

No final de semana passado tive o prazer de finalmente conhecer Campos do Jordão e é exatamente como as pessoas me falavam. Fiquei apaixonada pelas ruazinhas do centro, mas também pelas paisagens verdes, frias e montanhosas que me fazem lembrar de casa.

Campos do Jordão, Brasil
Campos do Jordão, Brasil

Se você definitivamente troca a praia pelas montanhas, essa cidade é para você. Campos está na lista dos destinos mandatórios no Brasil..

Campos do Jordão, Brasil
Campos do Jordão, Brasil

Não fica muito longe de São Paulo. Partindo de Itu(cidade do interior onde moro atualmente) até Campos levou aproximadamente 3 horas e meia. Saimos numa sexta-feira a tarde e ficamos até o domingo no fim do dia – tempo ideal para conhecer as principais atrações.

Campos do Jordão, Brasil
Campos do Jordão, Brasil

Quando me falavam sobre Campos diziam que era muito linda mas que era uma cidade de uma rua só, mas descobri que não é bem isso. Além do charme europeu na parte central o seu redor também conta com vários pontos para visitar e curtir as montanhas e a natureza – paisagens verdes cheias daquele cheirinho gostoso de grama molhada e fresca.

Onde Dormir

Por ser uma cidade turística, as opções de hospedagem são muito variadas e algumas vezes muito caras. Ficar num hotel no centro da cidade é um luxo, pelo qual sinceramente não estávamos dispostos a pagar.Campos do Jordão, Brasil

Fomos um pouco mais espertos e optamos por alugar uma linda casa no bairro Capivari que acomodou 6 pessoas por menos da metade do valor que pagaríamos em um hotel na zona central de Campos.

Onde Comer:

Ao caminhar pela rua principal no centro da cidade, poderá perceber tamanha diversidade de deliciosas opções. De verdade, dá vontade de experimentar comer em quase todos eles. Porém no nosso caso, como gostamos de uma comida mais saudável e sem carne, acabamos nos apaixonando pelo Alquimia – um restaurante vegano gourmet.

Campos do Jordão
Restaurante Alquimia, Campos do Jordão

A comida vegana ainda tem um pouco daquele estigma – principalmente no Brasil e países da América Latina, de comida sem graça e com sabor diferente, e talvez seja justamente esse conceito que o restaurante Alquimia está tentando quebrar com a sua proposta gourmet..

Campos do Jordão
Restaurante Alquimia, Campos do Jordão

Aos sábados o restaurante oferece um buffet livre com diversas opções de pratos pelo valor de R$39,00 por pessoa. Você pode desfrutar das mais diversas opções de saladas, pratos quentes como Paella Vegana, Lasagna de Cogumelos, etc e, uma diversidade incrível de deliciosas sobremesas. Nos outros dias da semana o restaurante oferece um extenso cardápio a la carte com diversas opções de pratos de deixar água na boca.

O restaurante se encontra no lobby do hotel Serra da Estrela, que está bem próximo de todas as atrações no centro da cidades no seguinte endereço Rua Mário Otoni Rezende, 160.

O que comer

Bom, se você definitivamente não se anima para comer vegano em Campos de Jordão, verificamos também algumas opções mais tradicionais do passeio:

Fondue

O rodízio de Fondue talvez seja a adaptação brasileira de um prato de inverno mais disseminada nos restaurantes da cidade. Fomos experimentar a opção do fondue de queijo no restaurante Tutti Buoni, que também está na zona Central. Dois de nossos acompanhantes de viagem optaram pelo famoso rodízio de fondue e, assim, conseguimos acompanhar a experiência.

Foram servidos 3 diferentes opções: queijo, carne na chapa (como se fosse um mini-churrasco) e, por fim, o tão tradicional fondue de chocolate. Apesar da pequena demora no atendimento e falta de organização do restaurante que entregou os pratos em momentos diferentes para cada pessoa do grupo, a opção esteve ok.

Pizza

Uma outra opção interessante para satisfazer todos os gostos é a pizza. Fomos visitar o restaurante La Fortezza que não está muito próxima ao centro, mas que nos chamou a atenção por ser um dos restaurantes mais bem avaliados no TripAdvisor. Realmente foi uma das pizzas mais saborosas que já experimentei. O serviço também se provou ser excelente. Um dos diferenciais mais interessante que observamos é que o cardápio traz uma seção com algumas pizzas que levam o nome dos clientes que as pediram em algum momento.

Chocolates

A sobremesa que nos acompanhou durante o friozinho das duas noites foram os chocolates. A cidade está repleta de casas de doces e imagino que todas elas devem oferecer boas opções, porém nós optamos pelo Chocolate Montanhês.

Há uma loja grande deles na rua principal do centro (próximo ao Baden-Baden) com diversas opções de trufas, bom-bons, tablets, entre outros. Além de poder comprar como lembrancinha, eles também dão a opção de comprar por chocolates por kilo.

O que visitar em Campos do Jordão

Além de percorrer as belas ruas do centro e se empanturrar de comida tanto de dia como a noite, Campos conta com uma série de opções de passeios junto à natureza.

Horto florestal:

img_4976

Com área preservada gigantesca (8 mil hectares segundo a internet) o Horto Florestal de Campos é uma opção indispensável para amantes da natureza e das trilhas. Caso opte por esse passeio, não se esqueça de levar na mala um par de tênis bem confortável e um protetor solar.

O parque conta com cinco trilhas principais que estão disponíveis para todos os gostos e níveis de preparação física. Optamos pela trilha da cachoeira, que acabou sendo uma das mais tranquilas – cerca de 1 hora total de caminhada (ida e volta), e que nos levou até uma pequena queda d’água que permite os mais corajosos e valentes a se refrescarem.

.

img_4977
Horto Florestal, Campos do Jordão

O valor de entrada do parque foi de R$6,00 por pessoa, sendo que o estacionamento está incluso no valor. Dentro do parque ainda há algumas opções de locais para comer (que não experimentamos), e também de esportes de aventura, como arvorismo, tirolesa e aluguel de bikes para as trilhas.

Tem cinco trilhas algumas mais exigentes que outras, cachoeiras e algumas coisas interessantes para fazer como jogos de água ou caminhar entre as arvores

Parque Amantikir

img_5014
Parque Amantikir, Campos do Jordão

Segundo a “A Fantástica lenda Algures”, Amantikir é o nome da princesa Tupi que ficou presa embaixo da montanha como castigo por ter se apaixonado pelo Sol. E esse é o nome que leva uma das mais lindas atrações de Campos do Jordão, segundo nossa avaliação.

 

img_4945
Parque Amantikir, Campos do Jordão

O parque está localizado em uma zona um pouco mais afastada da cidade e é composto por mais ou menos 26 jardins que representam a grande diversidade de fauna e flora da Serra da Mantiqueira. Ao entrar no parque, você recebe um mapa com a indicação de todos os jardins, sendo que o recorrido completo durou, no nosso caso, aproximadamente 2 horas.

Também é um dos pontos indispensáveis de Campos do Jordão que pode ser aproveitado pelos mais distintos perfis de viajantes – desde casais jovens até famílias com crianças.

O valor da entrada completo é de R$40,00 sendo que é possível pagar meia com a apresentação da carteira de estudante. Se tiver curiosidade por conhecer a lenda que deu origem ao nome do parque, pode encontrá-la aqui

Morro do Elefante

img_5009

O morro está localizado próximo ao centro turístico de Campos e permite que se chegue ao topo por meio de um teleférico aparentemente inofensivo aos que tem medo de altura, mas que dá um friozinho na barriga.

Desde o topo é possível ter uma visão panorâmica de toda a cidade de Campos com grande ênfase no bairro Capivari que é repleto de lindas casas marcadas por traços de uma arquitetura tipicamente alemã.

Para subir pelo teleférico o valor é de R$10,00 por pessoa e contempla tanto a subida como a descida.

Campos do Jordão
Campos do Jordão, Brasil

Em conclusão, Campos do Jordão é um excelente destino de fim de semana para quem está próximo de São Paulo e para aqueles que estiverem buscando trocar a praia pela montanha, principalmente nos meses de mais frios do ano.

 

Deixe uma resposta