30 coisas que eu já fiz antes dos 30 – Do mergulho em Noronha ao encontro com o Brad Pitt

30 coisas antes dos 30 - Desbravar o mundo e apreciar belas paisagens

O primeiro mês do ano já se foi! Pra mim o melhor mês do ano, aquele que estamos com gás total para iniciar uma nova jornada e é também o mês do meu aniversário. Prestes a completar 30 anos, dediquei esse mês para refletir sobre a vida. Como completei 29 anos, minhas amigas me sugeriram fazer a famosa lista das 30 coisas para se fazer antes dos 30. Pensei que seria muito bacana fazer a tal lista, ela iria ser basicamente: 30 lugares para se conhecer antes dos 30. Afinal ultimamente é só isso que eu penso e desejo – Viajar, viajar e viajar mais um pouco!

Comecei a refletir e me dei conta de quantas coisas eu já fiz antes do 30. Resolvi então inverter a brincadeira:

30 coisas (ou mais) que eu já fiz antes dos 30.

Foi uma sensação incrível escrever este texto! Me dei conta de como a rotina atropela o nosso passado e nos faz esquecer muitas das coisas já vividas! Olhar para trás, foi mais uma oportunidade de não se esquecer de quanto sou afortunada e reafirmar meu desejo por colecionar momentos e não coisas.

Quando pensei em escrever esse texto abri o livro 1.000 lugares para conhecer antes de morrer e comecei a anotar tudo o que eu já tinha feito e para a minha alegria eu já dei check em 73 lugares que o livro menciona. Uffa, só faltam 927!

Da série – Coisas que nem eu acredito que eu fiz

Das coisas mais malucas que eu já fiz na vida, acho que pular de bungee jump em Queesntow, na Nova Zelândia foi uma delas. Saltei de uma ponte, 43 metros, com direito a mergulhar a cabeça no rio. Não sei como fiz isso até hoje (sou cagona), só sei que foi uma das melhores sensações que eu vivi.

30 coisas antes dos 30 - Saltar de bungee jump na Nova Zelândia
Bungee Jump – Queenstown – Nova Zelândia

Saltei de Paraglider no Rio de Janeiro. Eu não estava certa se eu queria mesmo fazer aquilo e confesso que ainda no ar eu me sentia em dúvida sobre o que eu estava fazendo. Tarde de mais, eu já estava voando, me restou me agarrar nas cordas (como se elas fossem me proteger de qualquer coisa). Após um tempo me senti segura e confortável e tratei de curtir a paisagem.

30 coisas antes dos 30 - Saltei de Paraglider no Rio de Janeiro
Paraglider – Rio de janeiro – Brasil

Mergulhei em Fernando de Noronha. Com cilindro e quase infartei quando olhei para cima e me dei conta do quão fundo eu estava! Surtei um pouco mais ao voltar para a superfície e ver o grupo conversando sobre o tubarão que estava nadando por ali, junto com nós!

30 coisas antes dos 30 - Mergulhar em Fernando de Noronha
Mergulho em Fernando de Noronha – Brasil

Esquiei nas montanhas da Nova Zelândia, Estados Unidos e Espanha. Tenho o maior orgulho de falar que mando muito bem nesse esporte =D Enchia a boca para dizer que dava para contar nos dedos quantas vezes eu havia caído, até eu ir me aventurar na pista maior e tomar o maior capote que valeu por todos que não tinha tomado ate então. Resultado: levei quase 3 horas para conseguir levantar, pegar meus esquis e colocá-los nos pés novamente. (Valeu Rafa, você foi meu anjo aquele dia).

30 coisas antes dos 30 - Esquiei em Boston nos Estados Unidos
Esquiando em Boston – Estados Unidos

Ainda falando de neve, já andei de snowmobile em LakeTahoe, meu irmão dirigindo e eu atrás crente que aquele seria o último dia das nossas vidas.

30 coisas antes dos 30 - Fiz snowmobile em Lake Tahoe nos Estados
Snowmobile – LakeTahoe – Estados Unidos

Sem nenhum preparo físico, me joguei nas aulas de Surf na Austrália. Me senti incrivelmente poderosa por estar praticando aquele exercício (embora não tenha pego um onda se quer). Cansei tanto que voltei para a areia, deitei na minha canga e dormi. Resultado: peguei uma insolação ferrada que acabou com os próximos dois dias da minha viagem.

30 coisas antes dos 30 - Surfei na Austrália
Surf – Austrália

Visitei uma gruta em Portugal, sou do tipo fresquinha e esse tipo de passeio nunca me interessou. Paguei a minha língua, a Gruta da Moeda está entre as coisas mais impressionantes que eu já vi na vida e depois disso toda viagem eu busco saber se tem alguma gruta no meio do caminho.

Entrei em uma mina, no Chile. Desci 25 metros para baixo da terra, em um elevador que parecia filme de terror, com o meu capacete de proteção e uma lanterna que seria a única luz que eu iria ter pelos próximos minutos. Acompanhada de um mineiro, vivi uma experiência que eu jamais imaginei passar na minha vida, ouvi histórias que eu nunca nem imaginei que realmente poderiam existir.

30 coisas antes dos 30 - Entrar em uma Mina junto com um mineiro
Mina no Chile

Fiz uma tatoo, logo eu que tenho medo de tirar sangue! Convenci a minha mãe de fazer comigo, que topou de primeira a minha loucura e ainda disse: “você vai fazer primeiro, pois acho que vai desistir na primeira agulhada”. Fiquei firme e forte até o fim e já estou querendo a segunda.

30 coisas antes dos 30 - Fazer uma tatuagem
Tatoo – Family

Participei de um Rally (de regularidade e não de velocidade) já fui pilota, navegadora e zequinha também. Aposto que você não se surpreenderia se soubesse que eu nunca venci e, inclusive alguns deles nem cheguei ao fim. Seria muita vergonhoso dizer que o que não cheguei ao fim foi exatamente no qual eu era navegadora? =x Desculpa decepcionar!

Organizei um evento para 300 pessoas em cronometradas duas horas! Não, eu não estava participando de nenhum campeonato, esse era “só” o evento de confraternização da empresa em que trabalhava, que eu havia passado mais de três meses organizando. No grande dia e duas horas antes de iniciar a festa descobri que por um “simples” erro o evento não iria acontecer. Mas quando temos um Mega Time nada é impossível, o evento aconteceu com muito sucesso e muita gente bêbada (inclusive eu).

Da série – Dos bichinhos que já encontrei pela vida

Um ponto um tanto quanto polêmico. Sei que muitos são contra, hoje eu já mudei muito o meu comportamento com isso, mas faz parte da minha história de vida! Então vai…

Nadei com os golfinhos, em Punta Cana. Um muito obrigada para cada um que colaborou com a gravata do casamento. 😉 Não contente em só tirar foto e passar a mão, optamos por nadar e brincar com eles. Embora eu seja uma pessoa completamente atrapalhada e tenha largado o golfinho no meio do nosso passeio eu consegui me divertir!

Parecidos mas diferentes, já nadei com o boto cor de rosa, em Manaus. Fiquei surpresa ao descobrir que ele não é cor de rosa e sim cinza, a coloração rosa só é vista quando ele está debaixo d’agua (do rio, que é marrom).

30 coisas antes dos 30 - Nadar com um boto cor de rosa em Manaus
Nadando com o boto cor de rosa – Manaus – Brasil

andei de camelo e segurei um Falcão em Dubai. Com medo dos dois, resultou naquela foto com caras estranhas.

30 coisas antes dos 30 - Segurando um falcão no deserto de Dubai
Dubai – Emirados Árabes

E se eu já estive na terra do Canguru, não é de se duvidar que eu fui lá fazer carinho no bichinho. Sempre com o alerta: Cuidado, não mexa nas patas! Ainda no mesmo lugar tive o privilégio de segurar um koala no colo, embora estivesse fedendo, quase o confundi com uma das centenas de pelúcias que eu tenho em casa.

30 coisas antes dos 30 - Fazendo carinho no Canguru na Austália
Canguru – Austrália

Tão parecido com koala, o bicho preguiça também já desfrutou do meu colinho. Suas garras enormes lentamente foram me apertado para se acomodar nos meus braços e tirar uma soneca no meio da selva amazônica.

30 coisas antes dos 30 - Segurar um bicho preguiça em Manaus
Bicho Preguiça – Manaus – Brasil

Ganhei um beijo melecado e nojento de um leão marinho!

30 coisas antes dos 30 - Receber um beijo de um bicho enorme como o Leão Marinho
Beijo do Leão Marinho – Punta Cana – República Dominicana

Da série – Coisas que deveriam ser feitas ao menos uma vez na vida

Já participei de um trabalho voluntário! Por um ano, abracei um projeto voluntário na minha cidade, Itu. E todos os sábados pela manhã tinha um encontro marcado (eu e mais várias pessoas envolvidas) com adolescentes que estavam sendo preparados para enfrentar o mercado de trabalho. Foi gratificante e arrisco a dizer que eu aprendi muito mais do que todos aqueles adolescentes. Ao concluir o nosso encontro, sentávamos para almoçar e ouvir a história de vida de cada um deles, isso me fez olhar o mundo de uma maneira bem diferente.

30 coisas antes dos 30 - Participar de um projeto voluntário
Trabalho Voluntário em itu – São Paulo

Dei um palestra para estudantes de uma faculdade, ainda na cidade de Itu – SP. Entrei tremendo, jurando que minha apresentação seria engolida pelo meu nervosismo e que a mesma duraria apenas 15 minutos, no fim tiveram que levantar a plaquinha para eu me calar. No total? Uma hora e meia de apresentação e aplaudida de pé! =D

Vivi fora do Brasil e tive a oportunidade ainda muito nova de descobrir que o mundo é muito maior do que Itu, São Paulo, Brasil! Com 15 anos eu estava morando com uma família estranha na Nova Zelândia, com 21 me joguei no Estados Unidos em uma casa com estudantes do mundo inteiro e com 26 me mudei para a Espanha com a família que eu estava começando a formar.

assisti a um jogo de basquete do NBA, uma partida de futebol no Morumbi, vibrei com as escolas de samba de São Paulo direto do sambódromo, pulei atrás do trio (chiclete, asa, ivete, claudinha, peixe, saulo) e também assisti shows que mexeram comigo, de sair do espetáculo ainda mais fã daquele artista. Tudo começou com Sandy e Junior e Chiquititas (que teve direito até a faixa na cabeça) evolui um pouco e assisti o show da Maria Gadú, Adele, Beyoncé, Shakira, Cold Play e U2. A Sandy ainda mora no meu coração e jajá serei “Aquela dos 30” (que curte ela irá entender).

30 coisas antes dos 30 - Assisti muitos shows na vida
Show das chiquititas – São Paulo Brasil

Falando em Sandy, já escrevi uma carta de rolo para ela e joguei no palco! =D

Falando em cartas, já escrevi (muitas) cartas! Para amigas, amigos, amores não correspondidos e correspondidos também! Recebi respostas de muitas e hoje as tenho guardadas em uma caixa que com certeza guarda muitos segredos e bizarrices.  

Falando em amor, já amei muito (ou achava que era amor). Acho que eu era (será que sou ainda?) muito intensa! Já chorei muito por amor até secar as lagrimas, já escrevi muitos textos e rasguei vários, já dei muitas indiretas com frases do msn, já fucei muito orkut, já fui muito tonta, já fui forte e já fui fraca! Comecei a namorar com 14 anos, com 22 fui pedida em casamento em frente ao Castelo da Cinderela e me casei com 23, com o meu amor mais intenso e mais sofrido! Hoje somos felizes =D

30 coisas antes dos 30 - Casei
Pedido de casamento na Disney – Orlando

Falando em sofrência, já consultei inúmeras cartomantes para saber se aquele caso iria dar certo (que vergonha). Ao ouvir o que eu não queria ouvir julguei a tal dizendo que essas coisas eram uma farsa.

Falando em vergonha, já roubei adesivos do meu vizinho e minha mãe me fez devolver tudo (ainda que não tivessem mais cola) e pedir desculpas. Esse último não se encaixa: nas coisas que todo mundo deveria fazer na vida. Talvez tenha mais coisas vergonhosas para contar? Talvez! Mas não só obrigada. 😉

Voltemos então para as experiências boas e que devem ser compartilhadas!

Larguei meu emprego e toda a minha vida para trás para realizar um sonho – morar fora do Brasil! Aqui estou, vivendo no velho continente e correndo atrás dos meus outros sonhos.

Já passei ano novo na Times Square, e não vi a bola descer e muito menos o show da Jennifer Lopes. Típica realidade x expectativa! O lugar estava lotado e eu sai abraçando todo mundo que estava na rua, era o que me restava! Já passei a virada do ano em Londres e assisti a um espetáculo lindíssimo de fogos de frente para a London Eye.

30 coisas antes dos 30 - Passar Ano Novo em Nova York
Ano Novo na Times Square – Nova York – Estados Unidos

Dormi em hotéis luxuosos em Dubai e Punta cana, onde me senti uma verdadeira princesa com tanto cuidado e tanto esplendor. Do luxo ao lixo, já dormi em um hotel horrível em Formigas, interior de Minas Gerais que era 10x melhor do que a casa que alugamos via internet e chegando lá tinha só uma construção mal acabada e um colchão velho que devia ser o lar de muitos cachorros abandonados.

conheci igrejas católicas, ortodoxas, mesquita e sinagoga! Me encantei pelas diferenças de cada uma delas e tive a certeza que se cada um respeitasse a opinião e os desejos do próximo o mundo seria bem melhor.

Por fim, gostaria de contar algumas coisas que podem te deixar chocada!

Já beijei o Mickey!

30 coisas antes dos 30 - Já beijei o Mickey

Disney – Orlando – Estados UnidosJá flertei com o Brad Pitt!

30 coisas antes dos 30 - Encontrar com o Brad Pitt

Brad Pitt – Museu de Cera Madame Tussauds – Washington D.C – Estados Unidos

Já dei entrevista para Oprah Winfrey!

30 coisas antes dos 30 - Oprah Winfrey
Oprah Winfrey – Museu de Cera Madame Tussauds – Washington D.C – Estados Unidos

Uffa, chego ao fim dessa lista com o coração transbordando de alegria por tudo o que eu já vivi! A cada linha escrita um filme em minha mente, relembrando momentos, sabores e revivendo emoções. Como é que diante de tudo isso eu poderia pedir mais 30 coisas para fazer antes do 30? Mas prometo voltar em Janeiro de 2019, relatando os últimos acontecimentos antes dos 30.

30 coisas antes dos 30 - Apreciar uma paisagem que te faça perder o fôlego
Yosemite Park – Estados Unidos

Muitas dessas experiências estão sendo contadas dia a dia no Passaporte com Pimenta, com riqueza de detalhes que só o tempo me ensina a enxergar e dar valor.

Deixo o link da categoria – 1.000 coisa para conhecer antes de morrer. Onde eu conto sobre alguns dos destinos que eu já passei que se encontram no livro. Nem todos ainda foram para o blog! – Clique aqui!

Obrigada para quem chegou até aqui e com certeza após esse relato você conhece muito profundamente a Maytê e percebeu que a minha sede por desbravar o mundo vem desde muito cedo! Um muitoooo obrigada para todos que vivenciaram tudo isso ou parte disso comigo nem preciso dizer que sim, você marcou a minha vida!

Salve esse post para se inspirar e ler mais tarde.

30 Coisas que eu fiz antes dos 30 anos

25 comments

  1. Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii demaissssssssssssssssssssssss!!!! É bom olhar pra traz e ver que fizemos tantas coisas, estou quase nos meus 30 e lendo seu post eu me recordei de coisas q tambem já fiz! =)

  2. Eu estou IMPRESSIONADA!!!!! Quem diria que a doce e suave Maytê é tão intensa e aventureira! Amei conhecer um pouco mais de sua personalidade! Menina linda que se joga na vida, vive sem medo de quebrar a cara. Se aventura e se quebrar, chora, levanta, sacode a poeira, junta os cacos e se joga de novo!!! Sensacional esta retrospectiva Maytê e bem dito: às vezes a gente se perde no dia a dia e esquece de quanta coisa legal já fez! Que os próximos 30 sejam igualmente atraentes e interessantes. Estou acompanhando tudinho! rsrsr bjus

  3. Melhor post da vida! Deu vontade de cair na estrada e se aventurar pelo mundo, igual a essa menina jovem, que em pouco tempo já aproveitou tanto desse mundo lindo <3
    O que dizer sobre seu encontro com o Brad? Quero pra mim!! O que dizer sobre todos os outros destinos experiencias que você viveu? Quero também!
    Que o que falta pros 30 te traga ainda mais felicidade e destino, e que depois dos 30 venha uma lista ainda mais incrivel com 40, 50 e 60 e sem fim!!!
    Felicidades, Mayte!

    1. Com certeza, o ano de 2018 promete muitas aventuras ainda…inclusive esbarrar com uma amiga virtual em plena Holanda – isso não me parece tão normal. =D Obrigada Klécia, desejo exatamente o mesmo pra você e não tenho dúvidas que sua lista seria tão linda quanto!!! Bora curtir a vida e explorar cada canto do mundo!

  4. Adorei!! Muito bom participar um pouquinho dessas “loucuras” todas, mesmo que na leitura a imaginação aqui vai que vai..hahaha
    Feliz 2018 e que este seja mais um ano de muitas realizações e histórias para compartilhar. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.