Pro dia nascer feliz – Passeio de balão em Boituva

Passeio de Balão

“O mundo inteiro acordar

E a gente dormir, dormir

Pro dia nascer feliz

Bem diferente do que Cazuza já cantou um dia, enquanto o mundo inteiro dorme, a gente acorda, mas acorda feliz para ver o dia nascer lá do alto. Um pouco controversa ao que diz a música de São João, o balão vai subindo, a garoa não está caindo, o céu sim está lindo, e eu grito mais uma vez: Pro dia nascer feliz! =D Nesse clima de felicidade tiquei mais um desejo da minha bucket list.

Sempre achei que esse sonho iria se concretizar na Turquia, lá na Capadócia, mas foi no Brasil e em Boituva que tudo isso aconteceu e foi mágico. Boituva é uma cidade no interior de São Paulo muito conhecida pelo Centro Nacional de Paraquedismo, também oferece os passeio de balões.

Nós voamos com a Playmobil Balonismo. Nosso piloto, Eduardo, fez o nosso passeio ser ainda mais especial, super gente boa e experiente, nos tranquilizou e fez a nossa diversão lá nas alturas. Em 7 pessoas dentro daquela “cestinha” que parece pequena, mas não é, assistimos o dia nascer em Boituva.

Não é todo dia que assistimos ao show do nascer do sol de um ângulo tão privilegiado, exatamente por esse motivo e toda a infraestrutura necessária para isso, o passeio não é dos mais barato. Casal: R$ 550.

Leia também: A maravilhosa Campos do Jordão

Passeio de Balão

Voar de balão depende 100% das condições climáticas. Em Boituva, geralmente os passeios são todos os finais de semana às 6:00 da manhã. Por duas razões: a primeira porque o ar do ambiente está mais frio e assim o balão pode chegar mais longe, e a segunda para evitar o tráfego aéreo entre aviões, balões e paraquedistas. =D

Importante saber, que devido às condições climáticas é possível que o voo seja reprogramado. É muito imprudente decolar com os ventos não favoráveis.

O nosso dia ia nascer feliz, aliás ele nasceu! Nós acordamos às 4:30 da manhã, fomos até Boituva e chegando lá o clima não estava favorável para o voo, quem sou eu para discordar, não é mesmo? Mudaram o nosso passeio para às 16:00 (só é possível no inverno devido ao clima mais frio). Estava tão animada e pensando na minha segurança, que voltei para a casa (moro a 50 min de Boituva) e retornei mais tarde para o passeio.

Passeio de Balão
Passeio de Balão

Voltei, e o vôo aconteceu! O dia já tinha nascido, a essa altura ele estava quase indo embora, mas não faz mal, iria me despedir de mais um dia em grande estilo. Antes mesmo do balão sair do chão eu já fiquei deslumbrada, o procedimento de encher de ar o balão é incrível. É muito emocionante olhar para aquele monte de tecido colorido no chão que pouco a pouco se vai se transformando em um gigante de ar. O barulho do fogo para esquentar o ar, os ventilador, a canasta, o céu é tudo tão incrível.

Leia também: Chapada dos Veadeiros, o Paraíso de Goiás

Passeio de Balão
Passeio de Balão

Nosso vôo foi super tranquilo. É super emocionante quando a canasta desgruda do chão desafiando a gravidade, consegue subir muito rapidamente e antes que perceba está a uns 500 metros de altura olhando para terra e percebendo quão pequeno e frágil você é.

O Balão não é um meio de transporte onde se pode controlar o destino. Para se movimentar, depende unicamente do vento. Por isso, o local de decolagem nunca será o mesmo do pouso.

Passeio de Balão
Passeio de Balão

Tenho que reconhecer, eu estava nervosa na decolagem. Estávamos voando muito perto do chão. Me tranquilizei quando os moradores começaram a sair das suas casas para nos cumprimentar e tirar fotos. Quanto amor! =D

Uma vez que chegamos no chão, saímos do balão, ele foi esvaziado e depois fizemos um brindes com espumante por ter tido um excelente voo, seguindo com a tradição dos franceses, trazida ao brasil graças a Santos Dumond.

Passeio de Balão
Passeio de Balão

O Centro Nacional de Paraquedismo de Boituva fica na saída 116 da rodovia Castelo Branco.

Tem alguns avisos grandes fáceis de enxergar, mas se não for muito cedo é só olhar para o céu. Se conseguir ver pontinhos coloridos, você está perto.

Passeio de Balão
Passeio de Balão

Se usei Cazuza para abrir o post, serei obrigada o utilizar outro trecho para fechar:

“Me convence que o céu

Faz tudo ficar infinito

E que a solidão

É pretensão de quem fica

Escondido, fazendo fita”

3 comments

  1. Que passeio lindo, Maytê! Me apaixonei nas fotos do balão nessa imensidão azul do céu – acho que o balão todo colorido ajudou a deixar tudo ainda mais lindo. Deve ser uma emoção sem tamanho, né? Coloquei na minha wish list, e até já fui olhar a distancia até Boituva, porque quero muito “voar nesse baãooooo”. Super fantástico 🙂

Deixe uma resposta