As ruínas de Empúries – a história do Império Grego e Romano na Península Ibérica

Empúries, localizado ao norte da Catalunha na Espanha é uma cidade que foi a porta de entrada dos gregos e romanos na Península Ibérica. Confira como são as ruínas deste lugar.

Empúries é uma cidade ao norte da Catalunha, na Espanha. Com um histórico riquíssimo é o único lugar onde podemos encontrar uma cidade grega e romana juntas.

Explorar Empúries na Catalunha é como explorar Porto Seguro no Brasil. E lá fui eu descobrir um pouco mais sobre a história deste país que me acolhe a um ano e meio. Onde e como tudo começou!

As Ruínas de Empúries, foi a porta de entrada da cultura grega e romana na península ibérica. Mas, foi só em 1908 que iniciaram as escavações arqueológicas para encontrar partes dessa história. Ainda que já tenham se passado mais de 100 anos de estudos e escavações, acredite, o trabalho ainda não foi concluído. Mas independente disso, temos muito para aprender por aqui.

Evite suas explorações em dias quentes e horários de muito sol. Embora as ruínas estejam de frente para o mar mediterrâneo, estamos longe de nos refrescar, assim como estamos bem longe de encontrar sombra ao meio de tantas ruínas. O passeio pode ser longo e dependerá exclusivamente do seu interesse, mas recomendo que reserve de 2 a 3 horas para desbravar o local.

Empúries, localizado ao norte da Catalunha na Espanha é uma cidade que foi a porta de entrada dos gregos e romanos na Península Ibérica. Confira como são as ruínas deste lugar.
Empúries Grega – Catalunha

Com o áudio guia em mãos (disponível em inglês e espanhol) começamos então a nossa aula de história.

Antes mesmo de avistar qualquer ruína, seguimos para a sala de audiovisual. Descobrimos alguns fatos importantes para a continuação do nosso passeio:

O nome Empuries provém do termo grego “Emporiom”, e significa centro de compra e centro comercial. Isso descreve perfeitamente o propósito do lugar. Foi por cerca de 575 a.C que os gregos chegaram nessas terras, com um único objetivo: ampliar a sua rota comercial.

Criando então o primeiro porto para a Península Ibérica.

Os ibéricos que tinham pouco conhecimento sobre navegação, cederam esse pedaço de terra aos gregos. Empúries se converteu rapidamente em um dos portos comerciais mais importantes do mediterrâneo.

Cidade Grega

Iniciamos então o passeio pelas ruas gregas. Com o audioguia fomos seguindo a rota traçada pelo narrador. Com números muito bem sinalizados em cada um dos trechos, era hora de ouvir e imaginar.

O silêncio tomou conta daquele museu a céu aberto. Pessoas espalhadas cada uma com o seu guia tentando compreender e idealizar pedaços dessa história.

Ruas, casas, cisternas, tumbas, mercado e templos religiosos. Uma sucessão de ruínas que apresentam claramente a vida cotidiana de uma cidade ativa.

Empúries ainda esconde muitos segredos, mas também revelou dezenas de tesouros para os arqueólogos.

Empúries, localizado ao norte da Catalunha na Espanha é uma cidade que foi a porta de entrada dos gregos e romanos na Península Ibérica. Confira como são as ruínas deste lugar.
Empúries Grega – Catalunha

Foi a primeira cidade a utilizar moedas na Península Ibérica. Por aqui também iniciaram outras manifestações da cultura grega, que infelizmente não a deixaram rastros materiais, como: teatro, música, poesia, filosofia e a dança.

Mas em contrapartida, foram encontrados centenas de objetos que hoje estão expostos no pequeno museu que divide a cidade grega e romana. Nos mostrando um pouco mais como era a vida neste lugar por alguns séculos.

Empúries, localizado ao norte da Catalunha na Espanha é uma cidade que foi a porta de entrada dos gregos e romanos na Península Ibérica. Confira como são as ruínas deste lugar.
Empúries Grega – Catalunha

Inclusive uma escultura de Asclépio, reconhecido por ser o Deus da medicina e filho do Apolo. A original podemos encontrar dentro do museu, enquanto uma réplica está exposta do lado de fora exatamente no local onde a escultura provavelmente se encontrava no passado.  

Empúries, localizado ao norte da Catalunha na Espanha é uma cidade que foi a porta de entrada dos gregos e romanos na Península Ibérica. Confira como são as ruínas deste lugar.
Empúries Grega – Catalunha

Cidade Romana

Foi na segunda Guerra Púnica, por volta de 218 a.C, que o exército romano desembarcou em Empúries. Este foi o começo da romanização na Península Ibérica.

Júlio César, construiu uma cidade romana atrás da originariamente cidade grega. Muito maior, Empúries Romana tem dez vezes mais o tamanho que a primeira. Ainda em processo de escavação, o que visitamos da cidade romana é apenas 20% do todo.

Empúries, localizado ao norte da Catalunha na Espanha é uma cidade que foi a porta de entrada dos gregos e romanos na Península Ibérica. Confira como são as ruínas deste lugar.
Passagem de uma cidade para a outra – Empúries

Considerei essa segunda parte muito mais fácil de idealizar. Me pareceu mais completa e talvez mais conservada. Por muito tempo, gregos e romanos viveram praticamente juntos e se uniram fisicamente e juridicamente para viver no Município de Empúries.

Empúries, localizado ao norte da Catalunha na Espanha é uma cidade que foi a porta de entrada dos gregos e romanos na Península Ibérica. Confira como são as ruínas deste lugar.
Empúries Romana – Catalunha

Dois pontos me chamaram bastante atenção nesse lado:

Os mosaicos e o Fórum.

Após um trabalho de restauração manual, hoje os mosaicos estão muito bem conservados. Sendo possível ter uma perspectiva de como eram alguns dos aposentos das casas do mais privilegiados da época.

Empúries, localizado ao norte da Catalunha na Espanha é uma cidade que foi a porta de entrada dos gregos e romanos na Península Ibérica. Confira como são as ruínas deste lugar.
Empúries Romana – Catalunha

Já o Fórum Romano, que é um dos pontos principais da Empúries Romana, foi criado com o objetivo de ser uma praça pública. Um centro político, administrativo e religioso.

Empúries, localizado ao norte da Catalunha na Espanha é uma cidade que foi a porta de entrada dos gregos e romanos na Península Ibérica. Confira como são as ruínas deste lugar.
Empúries Romana – Catalunha

Bem aqui nesse ponto, já quase no final da nossa visita é o momento que nos sentimentos vivenciando e experimentando aquela época. O nosso audioguia recomenda que a gente se dirija para o centro da praça, e conforme vai nos contando alguns fatos ao fundo escutamos vozes e gritos de uma verdadeira praça pública. Feche os olhos e apenas imagine!

Empúries, localizado ao norte da Catalunha na Espanha é uma cidade que foi a porta de entrada dos gregos e romanos na Península Ibérica. Confira como são as ruínas deste lugar.
Empúries Romana – Catalunha

Mais um pouco e atravessamos o que restou dos muros de proteção da antiga cidade romana, aqui já começamos a nos despedir de uma super aula de história, com direito a visita de campo.

A partir do século I, após a conquista total da Ibéria pelos romanos, Empúries entra em decadência. A população começa a abandonar essa zona e partem para outras cidades romanas com Barcino (atual Barcelona), Gerunda (atual Girona) e Tarraco (atual Tarragona).

Leia também: Os encantos de Girona

Mas foi no século III que Empúries perdeu toda a sua importância e se tornou uma cidade abandonada e as pedras gregas e romanas passaram a servir como material de construção.

Esse post é uma maneira de mostrar apenas a importância dessa cidade, se você gosta de história e de ruínas com certeza irá se encantar por Empúries. Caso contrário confesso que o local talvez não seja tão atrativo. De qualquer maneira, sugiro a visita, afinal o que foi passado aqui está muito superficial perto do que podemos explorar nesse passeio.

Para chegar até as Ruínas de Empúries, recomendo que vá de carro (são 140 Km saindo de Barcelona) e chegando na cidade de Empúries siga as placas das ruínas. O Google Maps pode te levar para o Castelo que é um lugar completamente diferente do descrito acima.

Ainda que seja possível fazer um bate-volta da cidade de Barcelona, recomendo que explore a região.

Descubra algumas cidades dessa região: BesaluCadáques e o Teatro-Museu do Salvador Dalí, em Figueres

Site: Ruínas de Empuries

Salve no seu Pinterest nosso post sobre Empúries para ler mais tarde.

Empúries, localizado ao norte da Catalunha na Espanha é uma cidade que foi a porta de entrada dos gregos e romanos na Península  Ibérica. Confira como são as ruínas deste lugar.

 

Banner do Passaporte com Pimenta para o Booking

9 comments

  1. oi Maytê… achei esse lugar sensacional!!! Eu adoro ruínas, pois me levam a um passado muito distante e de certa maneira me fazem viajar até mais do que em monumentos que estão mais preservados. Acho que porque nas ruínas, apesar da ação do tempo, há menos interferência do homem moderno.

    As duas cidades me pareceram bem preservadas e me deu boa ideia deste passado grego e romano! Gostei sobremaneira desse texto!!! bjin

  2. Que maravilhoso! Eu adoro visitar ruínas e aprender mais sobre história. Amei saber um pouquinho mais sobre essa cidade. Confesso que não conhecia e sequer imaginava que existiam ruínas romanas tão grandes e tão conservadas assim na Espanha.

  3. Nossa, que interessante! Nunca tinha ouvido falar nesse lugar, e com certeza merece mais destaque do que recebe pela blogosfera viajante. Fiquei com vontade de aprender mais a respeito, e quem sabe visitar.

    Excelente post 🙂

  4. Ah, esse lugar tem tudo pra ganhar meu coração: história, ruínas, gregos e romanos, mosaicos lindos… Como não amar de todo coração, Mayte?
    Parece ser um lugar bem peculiar, com as civilizações que se sucederam, uma absorvendo que o sobrou da outra – incríveis romanos que queriam dominar tudo!
    Fiquei encantada com os mosaicos! Fizeram um excelente trabalho de recuperação com eles, estão maravilhosos!
    Preciso de Barcelona na minha vida, e preciso desse bate-e-volta em Empuries!

  5. Quanta novidade, Mayte!
    Adoro visitar ruìnas e imaginar como era aquele lugar no passado e acho muito divertido encontrar ruìnas romanas fora da península itàlica.
    Mas me surpreendi com Empuries, e me peguei imaginando uma civilização grega e romana coexistindo uma ao lado da outra! E claro que fechei meus olhos na praça central imaginando o zumzumzum dos passantes!

Deixe uma resposta