Los great site Riviera Francesa é um lugar privilegiado no mapa, uma experiência inesquecível quando se trata de belíssimas paisagens. A extensa faixa litorânea francesa é considerada uma das áreas mais cobiçadas do mundo e onde você encontra luxuosas cidades, onde os ricos e famosos adoram dar as caras.

A vantagem é que todo esse glamour da Cotê d’Azur pode sair bem mais barato do que você imagina. A grande beleza da http://italianrootstock.com/vendors Riviera Francesa é de graça e está acessível para todos. O encanto do colorido das casas amontoadas nas encostas, o charme das pequenas embarcações dançando junto ao movimento da água do mar e o contraste com os gigantes e luxuosos iates ancorados nos inúmeros portos da região fazem a diversão dos que passeiam por lá.

Riviera Francesa - Èze
Èze

As icônicas paisagens deste local já serviu de inspiração para renomados artistas, como Van Gogh, Renoir, Picasso entre tantos outros pintores e escritores também. Sem falar da cênicas estradas que foram parar nas telonas fazendo o público delirar.

Explorar a Riviera Francesa é a oportunidade de realizar um passeio completo. No paladar a apetitosa culinária mediterrânea. No olfato o aroma das ervas de Provença com a combinação perfeita do perfume das lavandas. Para a visão, a gratidão de estar diante de paisagens exuberantes e vilarejos fascinantes.

Então descubra: o que fazer na Riviera Francesa

Acompanhe todas as dicas para explorar essa região, encontre as melhores cidades para se visitar e confira o meu roteiro de quatro dias neste lindo e agradável pedacinho da França.

Cassis - Riviera Francesa
Cassis

Como llegar

De avião

Nice, uma das principais cidades da Riviera Francesa, possui o segundo maior aeroporto da França. Portanto se está indo direto do Brasil, pegue um vôo interno Paris x Nice e de lá alugue um carro para os próximos dias. Ou, opte por excursões e transportes público para se locomover pela região.

Se o seu vôo do Brasil chega por outro aeroporto, que não Paris, o aeroporto de Nice recebe muitos vôos nacionais e internacionais para o destino.

De trem

Existe a possibilidade de ir de trem de alta velocidade, a partir de Paris, o trajeto dura 5h30.

Uma vez que você chegou na Riviera Francesa, recomendo que você alugue um carro para seguir o nosso roteiro. Pode ser uma maneira fácil e flexível para você conhecer tudo que vamos propor. Caso essa não seja uma opção para você, fique de olho que vamos indicar muitos passeios de uma cidade para a outra.

Recomendo a rentcars que é a empresa parceira do Passaporte com Pimenta, ela faz uma verificação das principais empresas de locação de carro e te oferece os melhores preços. Você pode pagar em real (parcelar em até 12x) e ter toda a assistência em português.

De carro

Se você está fazendo uma road-trip pela França, Nice está a 930 km de Paris. Para chegar até seu destino final, ninguém melhor que seu GPS para te ajudar. =D

Riviera Francesa - Nice
Nice

Quando ir

Estamos falando de um destino de praia, mas não necessariamente você precisa visitar a Riviera Francesa no verão. Aliás este é um período de alta temporada por lá, o que significa que está muito cheio, muito mais caro e com um trânsito de perder a paciência. Mas se o seu objetivo é entrar no mar mediterrâneo precisa realmente esperar as temperaturas estarem na altura, pois o mar é bem gelado.

Eu visitei a região na primavera, abril, achei um ótimo período. As temperaturas já estavam agradáveis, caminhamos pela praia, tomamos cerveja nas mesinhas externas e aproveitamos os dias mais longos (sol até às 20:00).

Embora dizem que a Riviera Francesa é privilegiada por receber o sol 300 dias no ano, recomendo que programe sua viagem entre abril e setembro.

Onde ficar

Nice é a cidade de melhor localização para você que deseja montar uma base e explorar toda a região. Se está sem carro é daqui que saem a maioria das excursões, sem contar a estação de trem e opções de ônibus. Se está com o carro, a única ressalva é buscar opções um pouco mais afastada do centro por motivos de estacionamento e também do trânsito.

Já aviso, Nice é uma cidade cara! =x

H33 Hôtel – o H33 oferece um ótimo custo beneficio pela sua localização, o hotel está situado a apenas 10 minutos da Promenade des Anglais, orla da praia. O local não oferece estacionamento privativo.

Hotel Apogia Nice – O Apogia Nice também está localizado próximo da Promenade des Anglais e oferece estacionamento privativo. Os hóspedes elogiam muito o café da manhã

Ibis Style – O Ibis Style está localizado a 5 minutos da estação de trem da cidade, e ainda assim encontra-se próximo do centro da cidade e da avenida da praia. Este hotel é uma versão mais moderna do tradicional Ibis Hotel. O hotel não oferece estacionamento privativo, mas conta com estacionamento público por perto.

Hotel Nap By HappyCulture – o moderno Hotel Nap By Happy Culture está super bem localizado, próximo das principais atrações da cidade e consequentemente próximo dos pontos de encontros de excursões para outras cidades. O hotel é novo e está muito bem avaliando por seu atendimento. Este hotel não conta com estacionamento privativo.

Hôtel Ellington Nice Centre – O Ellington Nice Centre é um hotel mais clássico e também uma opção mais sofisticada. Conta com estacionamento privativo e está localizado a 1km do centro da cidade.

Confira mais opções de hotéis na cidade de Nice ou se você está de carro pode optar por se hospedar fora da cidade, busque por alternativas na região da Riviera Francesa. Feche o seu hotel através do nosso parceiro Booking.com. e nos ajude a manter o blog atualizado e sempre com conteúdo novo para você. Você não paga nada a mais por isso, caso seja cliente Genius você não perde os seus benefícios.

Cidades da Riviera Francesa

Cassis

Pequena mas com um potencial enorme para te conquistar. O grande diferencial da cidade de Cassis fica por conta do passeio de barco até os Calanques, resultado de um acidente geográfico que você só vai encontrar no mar Mediterrâneo. Ele lembra um cânion, que abre uma grande fenda na pedra e forma uma baía. Os calanques na sua maioria são formados por calcário e são eles que dão a cor branca para as montanhas de pedras.  

Riviera Francesa - Calanques de Cassis
Calanques de Cassis

Ao sair da cidade outro ponto que chama atenção é o Cap Canaille, conforme vamos subindo a montanha a Costa Azul vai ficando aos nossos pés, revelando os motivos pelo qual o local se encontra na lista dos mil lugares para se visitar antes de morrer.

Leia mais sobre Cassis.

Cannes

Descobri que a cidade pode ser muito mais interessante do que tirar fotos em frente do famoso teatro da cidade, ou fazer pose no tapete vermelho. As pequenas ruelas da Cannes fazem parte de um passeio diferente que pode ser intercalado com um agradável passeio pela orla, a La Croisette.

Riviera Francesa - Cannes
Cannes

Mas é difícil negar que conhecer a parte glamourosa de Cannes seja divertido. Lojas de grife e o desfile de carros luxuosos podem roubar parte do seu dia nesse passeio.

Leia mais sobre Cannes

Nice

Cidade grande, mas não tão grande assim. Explorar as facetas de Nice pode ser uma delícia, de um lado o caminhar agradável com a brisa do mar batendo no rosto através da Promenade des Anglais e do outro adentramos o centro antigo da cidade, um mercado de rua típico francês – explosão de aromas e sabores que podem ser degustados nas barracas de queijos e embutidos ou se preferir algo bem típico prove a Socca.

Riviera Francesa - Nice
Nice

Reserve fôlego (ou opte pelo elevador) para subir até o Parc de la Colline du Chateau e ver toda Nice aos seus pés, é bem aqui que você vai cair de amores por essa cidade.

Leia mais sobre Nice

Saint Paul de Vence

Riviera Francesa - Saint Paul de Vence
Saint Paul de Vence

Saindo das cidades beira mar, mas sem perder a vista deslumbrante siga para Saint Paul de Vence. A cidade murada, conhecida como a vila dos artistas está recheada de galerias de artes que dão vida ao local. Sem mapa e sem medo, se perca por cada uma das ruazinhas deste mágico vilarejo.  

Leia mais sobre Saint Paul de Vence

Eze

Sorry, vilarejo é meu fraco, sendo assim trago mais um, daqueles que transbordam o coração de alegria. No alto da montanha, Eze é pura poesia. Uma vila medieval, murada, que em menos de uma hora é possível contornar toda a cidade. Atravesse o portal de entrada, e sinta-se como se estivesse abrindo um livro de contos infantis. Èze irá te seduzir a cada nova ruela, até que você chegue no Jardim Exótico. Um jardim encravado nas montanhas e repleto de cactos e flores exóticas, o plano de fundo deste jardim é ninguém menos que o admirável Mar Mediterrâneo.

Riviera Francesa - Èze
Eze

Leia mais sobre Eze

Mónaco

Saia da França sentido ao luxuoso principado de Mônaco. Conhecido pelo circuito de fórmula 1, o glamour do Casino de Monte Carlo, o desfile de carros de altíssimo padrão pelas ruas da cidade e a exuberante vitrine dos melhores iates do momento. Mônaco é um convite para subir de nível e viver nem que seja por dia ou algumas horas um universo que não faz parte da vida da maioria dos habitantes deste planeta.

Riviera Francesa - Mônaco
Mónaco

Leia mais sobre Mónaco

Menton

Última cidade da França, uma cidade colorida, com aroma cítrico. Menton é conhecida por ser a cidade do limão, inclusive recebe um festival dedicado para a fruta entre Fevereiro e Março.

A fruta que é produzida em abundância nos arredores de Menton faz do produto a grande estrela da cidade, são inúmeros de produtos comestíveis ou não feitos a base de limão.

Menton também é uma agradável cidade para passear a pé. Explorar o centro histórico ou a praia com vista para as coloridas casas que formam a típica paisagem da Riviera Francesa – casas encravadas na montanha, com vista para o mar.   

Menton - Riviera Francesa
Menton

Leia mais sobre Menton

visitas

Tour pela Riviera Francesa: um tour guiado, em português de um dia inteiro pela Riviera Francesa, passando pelas principais cidades. Excelente opção para quem não tem muito tempo e não está de carro. Confira aqui.

Balsa para Mônaco: se está hospedado em Nice e que ir até Mônaco, uma das opções é ir de balsa, a grande vantagem é aproveitar o deslocamento para fazer um passeio diferente e desfrutar da vista de um ângulo novo. Compre seus tickets aqui.

Tour pela Riviera Francesa meio período: tour guiado, por 5 horas pela Riviera Francesa, passando por Èze e Mônaco. Confira aqui.

Tour por Èze e Mônaco: tour de meio período guiado em português. Com possibilidade de contratar o passeio para o dia inteiro, tenha mais tempo e tranquilidade para explorar o principado de Mônaco. Reserve aqui.  

Tour por Cannes e Saint Paul de Vence: tour de meio período, guiado em português pelas cidades de Cannes, Antibes e Saint Paul de Vence. Reserve aqui.

Tour pelas aldeias da Riviera Francesa: se você quer ir além e conhecer muito mais do que já foi mencionando aqui, separei esse dica de um tour de um dia inteiro que passa por outras  belíssimas vilas da região e ainda oferece degustação de bebidas e alguns antepastos. Leia mais sobre o tour.

Tour para Menton: acompanhado de um guia siga até Menton e vá além, explore também San Remo na itália. O tour dura o dia todo. Confira aqui.

Roteiro de 4 dias

Mônaco - Riviera Francesa
Pela estrada da Riviera Francesa

Se você está em busca de explorar a região da Riviera Francesa com toda a calma que este lugar merece indico que fique quatro dias zanzando de um lado para o outro, e de preferência de carro. Dessa maneira você terá mais flexibilidade no tempo e nos inúmeros mirantes que você irá encontrar ao longo do caminho.

Minha dica é que você comece o seu primeiro dia na Riviera Francesa explorando Cassis e Cannes. Divida meio período para cada uma. Embora Cassis seja bem menor que Cannes indico o passeio de barco até os calanques (na minha opinião, imperdível).

Se estiver hospedado em Nice, deixe o carro no estacionamento do hotel e aproveite o seu segundo dia inteiro para conhecer melhor uma das principais cidades da região. Caminhe pela praia, de ponta a ponta e adentre o centro antigo da cidade e não deixe de explorar a parte nova de Nice também. 😉

A essa altura já estamos na metade do passeio, e o seu terceiro dia será dedicado para a montanha, mas calma lá a vista do mar não vai te abandonar. Siga até Saint Paul de Vence e depois para Eze, ambas as cidades são bem pititicas e com certeza é possível fazer em meio período as duas. Mas no meu caso resolvi dedicar mais tempo para curtir a atmosfera mágica  de cada uma delas, recomendo!

O passeio está chegando ao fim, o quarto dia eu dediquei para ir até a divisa entre França e Itália, explorar Menton almocei por lá já pensando que a próxima cidade seria a mais cara do roteiro, então deixei Mónaco para apenas para conhecer e tomar um cafézinho do tradicional Café Paris. 

E aí, o que achou da Riviera Francesa? Vamos embarcar nessa?

7 comentarios

  1. oi Maytê!

    Deve ser uma experiência de cinema viajar de carro pela Riviera Francesa… Definitivamente eu me sentiria como em um filme antigo, daqueles da década de 50 ou 60, mesmo diante do colorido do casario e deste marzão, que não eram refletidos nos filmes daquela época.

    Mesmo não sendo afeita a road trips, talvez me rendesse a sua dica e à poesia de rodar de carro em um passeio romântico por estas cidades.

    O que mais gosto nessa sua narrativa é que você nos leva pela cidade, além do tradicional e nos mostra possibilidades, atraentes, como aproveitar a estação das flores, menos cheia e com temperaturas mais agradáveis, para conhecer a região. Você nos aponta delicadamente as minúcias de uma cidade.

    Além disso, nos apresenta preciosidades como Menton e Éze. Mostrar o lado não glamouroso de Cannes, a cidade por trás das câmeras com sua baguncinha gostosa. Enfim,,, a Riviera Francesa ganha para mim, novo sabor, e confesso que a vontade de ver tudo isso de perto aumenta a cada texto, a cada narrativa sua… beijocas e continue nos mostrando estas joias do mundo!

    • Ana, algumas viagens devem ser vividas no estilo road trip. =D O gostinho é diferente a experiência é única e muitas vezes é a única maneira de ir e vir. Com certeza Riviera Francesa está nessa lista. Como você bem mencionou me senti em um filme, mas esse era Full HD!

      Que gostoso esse feedback, esses são pontos tão importante quando estou buscando um próximo destino além do que ele sempre da o tom (ou o clima) para o texto. 😉

      Muito obrigada. =D

  2. Oi Mayte! tenho que ser sincera que a Cote d’Azur estava lá atras da minha lista de viagens. Isso porque eu imaginava que por léa só se viajava no verão, e já vinham imediatamente em minha cabeça as praias lotadas e as pequenas cidades abarrotadas de gente.
    Descobrir que existe uma Cote d’Azur longe dos holofotes e glamour das celebridades tomando sol sob os flashs das cameras me deixou muito mais atraida. As paisagens são mesmo encantadoras, espectaculares. Acho que qualquer dia faço como você, coloco a mochila nas costas e embarco numa primavera, ou num outono… Descobrir os sabores de Menton, as belezas de Cannes, as delicias de Nice e descobrir uma Monaco que pode quebrar paradigmas.
    obrigada por colocar mais uma road trip na minha lista infinita hahaha
    Beijinhos!

    • Klécia, confesso que nem na minha lista essa região estava no top! Exatamente pelo mesmo motivo que o seu: verão = praias lotadas = estou fora! Peguei uma promoção de hotel e não tinha como negar rsrsrs me joguei e me surpreendi! Fiquei extremamente feliz por ter vivido essa experiência em uma temporada que não fosse o verão, assim consigo trazer alternativas para os leitores do PSP. =D

  3. Olá Maytê, Muito legal o seu roteiro! Estou indo nessa primavera para a frança e pretendo ficar 4 dias por lá. Você tem alguma dica de qual cidade se hospedar? Vale a pena ficar numa cidade só e sair todos os dias de carro para conhecer os lugares e retornar? Ou é melhor ir mudando o local de hospedagem?

    E mais uma dúvida, as cidades lá tem fácil acesso aos veículos? ( estacionamentos ; tem ruas restritas para circulação, por exemplo )

    Obrigado
    Cristiano

    • Olá Cristino, que bom que gostou do roteiro! Foi uma ótima viagem.

      Como são só quatro dias recomendo escolher uma cidade como base, as principais cidades são próximos umas das outras para ir e voltar no mesmo dia. Não tem restrição com veículo, a época que eu fui (início da primavera) ainda estava muito tranquilo, mas me parece que quanto mais próximo do verão o trânsito aumenta por lá é fica impossível. O acesso é muito fácil, é só largar no estacionamento central e ser feliz, o único porém é que estacionamento por lá não é algo muito barato (considere algo como 15 / 20 euros por dia para estacionar)

      Eu recomendo se hospedar em Nice, ou alguma cidade vizinha. Recomendo não se hospedar no centro da cidade, procure hotéis mais afastados (talvez perto das saídas para as rodovias) que os preços são melhores e também é mais fácil ter estacionamento do hotel.

      Espero ter ajudado, conte comigo para o que precisar.
      Abraços e boa viagem

Deja una respuesta

Por favor, introduzca su comentario!
Por favor, introduzca su nombre aquí

Esta página web utiliza Akismet para reducir el spam. Aprender cómo se procesa los datos de los comentarios.