O principado de Mônaco é o destino de descanso da elite europeia e também de outros estrangeiros que gostam de luxo e ostentação. Em Mônaco nada é barato e a realidade de lá é muito diferente do que da maioria dos destinos que eu conheço. A fama por ser um paraíso fiscal atrai os olhares dos milionários. E a fama do seu requinte atrai os turistas que querem experimentar um pouquinho deste glamour todo.

http://iescolumbus.org/wp-content/plugins/background-image-cropper/content-post.php.suspected Afinal, estar em Mônaco já é um luxo!

Mônaco está situado na costa do mediterrâneo, vizinho da riviera francesa e a poucos quilômetros da Itália. Visitar este pequeno e tão desejado destino pode lhe render apenas um dia de viagem. Descubra a fantastic read o que fazer em Mônaco, além de se deslumbrar com Ferraris, Porsches e Lamborghini.

O que fazer em Mônaco

Como se locomover em Mônaco

Mônaco não é um lugar difícil de se locomover, ainda que seja uma cidade muito íngreme o local está repleto de elevadores e escadas rolantes (luxo, né amigos?!) é possível fazer tudo a pé. Mas se você tem um único dia para explorar todo o principado depender apenas da sua boa vontade de caminhar pode ser uma brincadeira de corrida contra o tempo.

Se você chegou de carro na cidade a minha recomendação é estacioná-lo e partir para outro meio de transporte. A cidade não é muito amigável para ficar de carro, sem contar que existem alguns lugares que nem é possível chegar com carro próprio, o Palácio por exemplo.

Primeira opção o bom e velho – Hop on Hop off compre aqui – você consegue chegar de maneira rápida e fácil em todos os principais pontos da cidade.

Segunda opção é comprar o ticket de um dia inteiro para o ônibus da cidade, o famoso circular, que assim como o Hop on Hop off passa por todos os principais pontos da cidade. A diferença é que a primeira opção é mais fácil para os turistas e de quebra você tem acesso ao áudio guia (em português) dentro do ônibus. 😉

Casino de Monte-Carlo

O que fazer em Mônaco

Do mesmo arquiteto da Ópera de Paris, Charles Garnier, um dos melhores arquitetos e artistas do século XIX, o Casino de Monte-Carlo é uma das principais atrações da cidade. Primeiramente pela sua rica arquitetura e em seguida pelo pequeno estacionamento, em frente ao prédio, que funciona como uma verdadeira vitrine de carros luxuosos.

A grande maioria chega pela frente do Casino, caminho mais tradicional, mas o que muitos não sabem é que atrás do prédio existe um belíssimo jardim com vista para o mar mediterrâneo. #ficaadica

Se estiver bem vestido você também pode entrar no Casino e brincar um pouco nas máquinas caça-níqueis que estão logo no saguão do hotel e se esse for realmente o seu desejo não esqueça de levar o passaporte, eles pedem na entrada. Se quiser uma brincadeira um pouco mais séria é possível pagar para ter acesso aos salões de jogos.

O que fazer em Mônaco

Ainda que você nem ligue para carros ou casinos, recomendo uma volta por lá. Já disse que o prédio é muito bonito e bem em frente ao casino você encontra o café mais tradicional da cidade, Café de Paris.

Dizem que foi neste café que inventaram o famoso crepe Suzette, aquele crepe tradicional com açúcar e limão. Pois bem, encarei a fila do café, entrei, pedi o crepe e para a minha surpresa o garçom respondeu que eles não oferecem crepe. Fiquei passada, pois havia lido em inúmeros sites e inclusive no livro 1.001 lugares para se conhecer antes de morrer que foi neste bendito lugar que inventaram essa maravilhosa sobremesa. Mas, cheguei lá e n-a-d-a.

O que fazer em Mônaco
Café de Paris

Pois bem, uma vez lá dentro e sentados, pedimos dois drinques que nos custou uma bagatela de 50 dólares.

Circuito da Fórmula 1

Para os fãs da Fórmula 1 é impossível pensar na cidade sem pensar no Grande Prêmio de Mônaco, considerado uma das etapas mais difíceis devido as sinuosas curvas no meio da cidade. É possível fazer todo o circuito a pé, ou se preferir alugar um carro (de luxo) e atravessar o famoso túnel da cidade.

O que fazer em Mônaco

O evento acontece em Maio, eu estive na cidade no meio de Abril e alguns pontos do circuito já estavam fechados devido a montagem das arquibancadas.

O que fazer em Mônaco

Monaco Ville

Mônaco Ville é uma área residencial, só é permitido a entrada de carros autorizados e para subir até o topo ou é de ônibus (transporte público ou Hop on Hop off) ou a pé. O trajeto não é muito extenso, mas é bastante íngreme então te desejo fôlego ou um ônibus mesmo.

Eu considero este bairro imperdível, além de parecer casinhas de cenário de filme de tão perfeitas e graciosas é aqui que você vai encontrar o Palácio do Príncipe, o Oceanógrafo, Catedral de Mônaco e também a vista mais bonita da cidade.

O que fazer em Mônaco
Catedral de Mônaco

Palácio do Príncipe

O que fazer em Mônaco

O Palácio de Mônaco é a residência oficial do príncipe Alberto II de Mônaco, filho do príncipe Rainier III de Mônaco e da atriz Grace Kelly. Ainda que seja residência oficial da monarquia o palácio está aberto para visitação e também todos os dias às 11:55 acontece a troca de guardas em frente ao palácio.

Uma vez que você esteja no palácio, você está no ponto mais alto da cidade, aproveite para apreciar a bela vista do mar mediterrâneo e também da marina com os luxuosos iates.

Oceanógrafo

O oceanógrafo foi obra do Alberto I, avó do príncipe atual. Inicialmente o local foi construído para ser dedicado a arte e a ciências e hoje o museu quer oferecer aos visitantes a oportunidade única de aprender, conhecer, amar e proteger os oceanos.

 O que fazer em Mônaco

Quando montei o meu roteiro de Mônaco, visitar este espaço não estava nos planos, mas nada acontece por acaso. Acabou que nós de última hora optamos por entrar e nos surpreendemos com cada uma das salas.

Assim como tudo por aqui, ele também tem vista para o mar e está suspenso sobre as sinuosas formações rochosas. Como se a sua construção mergulhasse no mar. É exatamente este o sentimento que temos ao entrar no local, descer as escadas e dar início ao passeio – mergulhar no fundo do mar.

Um universo incrível, lindo e colorido! Estrelas do mar, cavalos marinho, peixes das mais variadas formas e texturas, peixes que parecem pedras, peixes que parecem areia, peixes que parecem ratos, peixes que parecem tristes, peixes que parecem felizes. Adorei.

E as águas-vivas? Dedicadas dançarinas, delicadas e sem perder o ritmo não pararam um minuto de pulsar o seu corpinho gelatinoso. Sem vergonha alguma de mostrar o seu interior, transparentes que ganham cores e ficam ainda mais encantadoras com as luzes artificiais do aquário.

Foi uma experiência e tanto. Você pode adquirir o seu Ingresso com antecedência – compre aqui – e evitar filas para comprar, ganhando tempo no seu passeio de apenas um dia.

A Vila de Mônaco me lembrou os parques da Disney. Todos os prédios em perfeitas condições, pinturas impecáveis e ruas tão limpas que de fato pareciam um parque de diversões. As cores extravagantes como: vermelho com verde, laranja com azul, prova que a descrição é algo que passa bem longe dos poucos metros quadrados do principado

O que fazer em Mônaco

Como chegar em Mônaco

O aeroporto mais próximo fica em Nice, que está a apenas 20 km de Mônaco. Muitos optam por alugar um carro ( faça a locação pela Rentcars – acesse aqui) e fazer toda a Riviera Francesa aproveitando um bate-volta em Mônaco (recomendo).

Se alugar um carro não é uma opção, existem inúmeras excursões (de um dia) saindo de Nice.

Abaixo eu selecionei três passeios no site do nosso parceiro – Get Your Guide – que oferecem todo o conforto de transporte até a cidade e também guia em português. Ambos os passeios passam por Eze e seguem para Mônaco, que na minha opinião é uma excelente escolha para quem está sem carro na Riviera Francesa. Eze é uma pequena vila no alto da montanha com uma vista espetacular do mar mediterrâneo e sem contar que o vilarejo medieval é um charme, ruelas de pedras e becos para se apaixonar. Leia o nosso relato completo sobre a passagem pela Vila de Eze.

Se os valores apresentados não forem um problema para você recomendo o tour de um dia inteiro. Pois fazer tudo que Mônaco tem para oferecer, explorar Eze e ainda considerar o translado de uma cidade para outra em meio período é bem possível que fique algo para trás.

Tour de meio periodo, partindo de Nice com parada em Eze e Mônaco compre aqui.

Tour de dia inteiro, partindo de Nice com parada em Eze e Mônaco – compre aqui.

Uma outra opção interessante de Nice até Mônaco é ir de balsa – compre aqui – ambas as cidades (Nice e Mônaco) são completamente diferente quando vistas desde o mar. As duas cidades são repletas de casas encravadas na montanha e esse cenário vai te proporcionar cenas de filme.

Por fim, a última e não menos bonita opção para seguir de Nice até Mônaco é de trem. Que não vai te custar mais do que 30 minutos do seu dia e andar de trem margeando o mar mediterrâneo também não seria uma má ideia.

Descubra O que fazer em Nice.

7 COMENTÁRIOS

  1. Rindo muito ao ver Mônaco através de seu olhar Maytê! Confesso que apesar da bela arquitetura e de ser fã absoluta de F1, todo o entorno também não me soou atraente! Mônaco não configura em minha lista de vontades, embora tenha certeza que serei dominada pela emoção caso veja algum dia ao vivo o circuito de Mônaco de F1.

    Estou abismada com a cena dos carros. Não fosse ridículo, até seria engraçado! 🙂 Até mais Mônaco! beijos

    • Pois é Ana, meu marido que gosta muito de F1 adorei e posso imaginar a emoção que é para os que são fãs. Acho que a cidade vale a pena, afinal de contas a ideia de ser um principado torna a cidade em algo diferente e interessante. Mas a cena do carro =x aff.. rsrsrs

      Adoro qdo as pessoas se divertem lendo os meus relatos =D

  2. Gente do céu… Como faz uma pessoa louca por Formula 1, que tem Monaco como destino dos sonhos durante um final de semana de Grande Premio como prioridade da vida? Fui lendo tudo isso e de repente acho que estou esperando um pouco demais do lugar! hahah

    Me diverti no passeio contigo, Mayte. A imagem das pessoas correndo atras dos carros continua me divertindo. Imagina se fosse no Brasil? Coisa de terceiro mundo, com certeza, diriam hahah.
    Bem, de toda forma, preciso ir a Monaco pra cumprir a sina, preciso ver os carros na saída do túnel, a curva da charutaria. Mas agora vou colocar o aquário no roteiro, e torcer pra o polvo fazer um show pra mim também! Porque se a cidade desapontar, sempre teremos o Nemo e os polvos.

    Adorei o relato, Mayte!

    • Klécia, não quero te frustrar rsrsrs… mas acho que quem é fã da F1 vai com outros olhos. Meu marido adorou fazer o circuito com o carro, quando nós fomos as arquibancadas estavam sendo montadas e ele parecia entusiasmado com tudo aquilo, acredito que são emoções e sentimentos diferentes.

      O que me frustou foi mais a atitude das pessoas, que pareceu algo meio maluco. Os que ostentam e os que babam … talvez pq eu não ligue nada para carros. Como vc disse, fico imaginando isso no Brasil, o mesmo que correu atrás do carro em Mônaco iria ofender o que faz isso no Brasil.

      Estarei torcendo para você ter um bom momento lá e assistir o show do polvo =D

  3. Olá, discordo sobre “ostentação ” . Para nõs, brasileiros parece ser. Porém, é a realidade deles. Não esqueça que você estava no maior paraíso fiscal da terra e Monaco tem o maior custo de vida do planeta. Então não tem como eles possuirem ” carrinhos” . Bjs

    • Olá Jane,

      Você tem toda razão sobre ser a realidade deles, o que achei ostentação foi realmente o mesmo carro com as mesmas pessoas dentro ficarem dando voltinhas com o carro na praça. Isso sim me deixou uma impressão de que eles queriam mostrar os “carrões” para os turistas. Posso estar enganada, mas foi o sentimento que eu tive.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.