O buy clomid australia buy modafinil in mexico Lago di Como, na Itália, é uma daquelas regiões que parece um sonho. A paisagem poética e fascinante deste lago estava no topo da minha lista dos destinos dos sonhos e fez jus a todas as minhas expectativas.

Lago di Como
Lago di Como

Considerado o terceiro maior lago da Itália essa região coleciona adoráveis vilarejos, encravados na montanha que cerca o lago glacial, o Lago di Como. Uma viagem que nos convida a viver cenas de um filme extraordinário.  

Lago di Como
Varenna

Localizado ao norte do país, na região da Lombardia, está apenas a 83 Km de Milão, muitos fazem um rápido bate-volta até Bellagio ou mesmo até a cidade de Como. Recomendo que dedique ao menos dois dias para esta região.

Itália – Descubra a região de Piemonte e o que fazer em Turim

Entre o final de março e final de outubro é considerada alta temporada. Da primavera ao início do outono, é o período que a região tem uma variedade maior de atrações para se visitar. Cheguei na primeira semana de novembro e algumas atrações já estavam fechadas, mas independente disso Bellagio e Varenna conquistaram meu coração.

Lago di Como
Varenna

Tudo o que você precisa saber para explorar o Lago di Como.

O que conhecer no Lago di Como

Lago di Como
Bellagio

Bellagio

Essa é a vila mais famosa do Lago di Como e não teria como ser diferente, a pitoresca vila de Bellagio é encantadora a cada passo e a cada nova ruela que vamos descobrindo.

A explosão de cores das sacadas floridas somada aos tons pastéis impecáveis dos prédios que sobem de um lado e de outro formando apertadinhas e charmosas vielas são um convite para passar o dia percorrendo cada cantinho da cidade. Por sorte (ou não) não são muitos, é possível ir e voltar várias vezes. Todos eles têm algo em comum, o Lago di Como está sempre triunfando na paisagem de fundo.

Um dos melhores passeios em Bellagio, sem sombra de dúvidas, é desfrutar das inúmeras cafeterias que invadem as calçadas de pedras e são capazes de te levar para outra dimensão se você se desligar do celular e do relógio, apreciando apenas a vista, o movimento e curtindo o momento.

Lago di Como
Bellagio

Mas Bellagio também oferece mais do que simples passeios pelas ruelas e paradas nas cafeterias.

A Villa Serbelloni conta com um jardim com vista para o lago, porém o local só fica aberto no período da alta temporada e a visita só é permitida mediante a pré-reserva. Mas além de jardim, o local também é um hotel, Grand Hotel Villa Serbelloni Bellagio, aliás o hotel mais luxuoso de Bellagio.

Também nas margens do Lago di Como você encontra o parque da Villa Melzi d’Eril, que é considerado um jardim histórico que fica dentro de uma residência privada. Também aberto ao público apenas no período da alta temporada.

Lago di Como
Bellagio

Varenna

De frente para Bellagio encontra-se Varenna. Um pouco menos discreta que Bellagio, Varenna conta com construções de coloração forte. Construções essas, que chamam atenção de longe. Vermelho, amarelo e verde, todos em tons vibrantes, destoam entre a paisagem da floresta que rodeia a vila.

Lago di Como
Varenna

Varenna tem menos turista e mais intimista, achei o lugar um espetáculo. Enquanto Bellagio te convida para um café na calçada, aqui o convite fica por conta do drinque, cerveja ou vinho, acompanhado de um prato de frutos do mar ou pizza (Itália baby). Com vista para o admirável Lago di Como e para as pequenas embarcações dos pescadores, tem tudo para você ter um momento inesquecível.

Lago di Como
Varenna

Se quer ir além dos drinques e das ruelas, recomendo uma visita pelo Vila Monastero. Uma casa museu que além do jardim botânico a casa oferece quatorze quartos que estão abertos para visita o ano todo.

Como

Ainda que Como seja uma cidade pequena ela é muito maior que as vilas que estão ao redor do lago. É por aqui que chega o trem que vem de Milão e essa pode ser uma passagem obrigatória no seu roteiro.

Uma das grandes atrações da cidade é o funicular, que te leva para o alto da montanha e dando a oportunidade de ter uma vista única do Lago di Como. É só comprar o ingresso e aguardar na fila, para o retorno a mesma coisa, se tiver a oportunidade opte pela maior janela com vista para o lago, que vai se revelando pouco a pouco ao longo da subida.

Lago di Como
Como – Vista do mirante

Além do funicular você pode aproveitar a passagem por lá e visitar outros pontos turísticos. Confira o post do blog Rafa pelo mundo sobre O que fazer em Como.

Tremezzo

A essa altura você já percebeu que jardins e casas históricas é o forte desta região, não é mesmo? Mas a Vila Carlota, localizada em Tremezzo é uma das mais tradicionais. Construída no séc. XVII.

De frente para o Lago di Como, a Vila Carlota é um maravilhoso jardim botânico acompanhado de um museu, que já foi residência de alguns nobres europeus. Ainda que o local atinja o ápice na primavera o passeio é uma excelente pedida para toda as épocas do ano.

Lecco

Lecco também pode ser uma excelente pedida de cidade para se conhecer nessa região, se você está em Milão saiba que tem trem direto para Lecco. Deixo aqui o post do blog, Apure Guria onde a Angela conta como foi o passeio de meio período pela cidade de Lecco.

Como se locomover no Lago di Como

Partindo de Milão, de trem, a melhor opção é seguir com destino para estação Como Nord Lago.

Chegando em Como para se locomover entre as pequenas vilas, uma das melhores opções são as balsas. Confira os horários e valores através do site Navigazione Laghi. Para isso é necessário ter tempo e planejamento.

Lago di Como
Bellagio

Se locomover de carro ao redor do Lago di Como pode ser uma aventura, as estradas são apertadinhas e os italianos são malucos. Mas a vista e a liberdade de ir e vir compensa as altas emoções ao longo do caminho. As balsas também oferecem serviço de travessia com o carro e foi isso que eu fiz para atravessar de Bellagio e Varenna. Sendo assim, quando era mais rápido seguir de carro, seguía, caso contrário optava pela balsa com o carro.

Onde se hospedar no Lago di Como

Grand Hotel Imperiale Resort & SPA está localizado de frente para o Lago di Como situado na vila de Moltrasio. Um pouco mais afastada das principais cidades ao redor do lago, consequentemente com um custo mais acessível sem deixar de lado a vista e a sofisticação de um prédio com estilo Art Nouveau, o Grand Hotel Imperiale tem a comodidade de estar ao lado de  uma das balsas que atravessa o lago, facilitando todo o deslocamento entre uma vila e outra.

Hotel Asnigo, é um pouco mais longe do lago mas ainda assim com uma vista espetacular do mesmo. Fica na cidade de Cernnobia, essa opção só é válida para aqueles que estão de carro. No alto de uma montanha, fica inviável a locomoção de transporte público ou de táxi. Mas a vista e a piscina deste hotel falam por sí só.

Vista do Hotel Asnigo para o lago di como
Hotel Asnigo – Itália – Foto:Booking.com

3 COMENTÁRIOS

  1. Oi, Maitê, linda luz nas fotos, você pegou dias lindos! Sei que muita gente vai a Como em bate-volta, mas um dia de verão, mais longo, é suficiente para conhecer Bellagio, Como e mais alguma coisa? Você não mencionou quando tempo ficou para ver todos estes lugares, me ajuda?

    • Olá Márcia,

      Eu passei dois dias na região, mas não conheci Lecco e não fiz toda a cidade de Como (apenas subi até o funicular), por isso indiquei outros posts mais completos.
      Em um bate-volta, ainda que no verão, acho que pode ficar bem apertado Como, Bellagio e Varenna, por exemplo. Claro que tudo dependendo do seu ritmo, mas como disse no verão também tem mais atrações abertas e mais filas para a balsa, mas não é impossível. Bellagio e Varenna são bem pititicas, sem muitas paradas e cafés acredito que 1 hora e meia são suficientes para conhecer cada uma delas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.