Palácio de Caça de Stupinigi – Turim

Palácio de Caça de Stupinigi - Entrada

Turim é um verdadeiro parque de diversões para aqueles que gostam de mergulhar na história real. Perambular entre palácios e cômodos da realeza. Foi aqui que uma das famílias reais mais importante de toda a Europa viveu por anos. E transformou a cidade em um verdadeiro conjunto arquitetônico real. Entre castelos e palácios, a Família Sabóia foi proprietária de dez residências por toda a região de Piemonte. Há apenas 10 km de distância do Palácio Real de Turim, encontramos o Palácio de Caça de Stupinigi.

Em 1731 o palácio foi inaugurada para a primeira caçada de Carlos Emanuel III de Sabóia. Mais tarde se tornou a casa de verão da realeza. A cidade cresceu tanto que hoje o palácio não está mais fora da cidade, localizado em um bairro de Turim é possível chegar até o local com transporte público e também com ônibus turísticos.

Chris e eu optamos por chegar no local assim que abrisse. Para pegar os cômodos vazios e depois pudéssemos ir direto para o centro de Turim curtir o nosso último dia na cidade. Confesso que com tantas opções de palácios reais próximos da cidade, foi difícil escolher um deles. Mas a escolha se deu incialmente pela localização e em seguida uma única sala havia me chamado atenção pelas minhas pesquisas. 

Aquela manhã cinza e nublada, ganhou vida assim que viramos a esquina. Entramos na via principal que nos levaria direto para o Palácio de Caça. Um surpreendente túnel de árvores douradas, surgiu emoldurando o palácio que foi se revelando pouco a pouco enquanto nos aproximávamos. 

Palácio de Caça de Stupinigi

Mais tarde eu vim descobrir que a avenida dourada é uma reta só, que te leva direto no Palácio Real de Turim. Tudo isso pensado e planejado para facilitar o acesso na época que era feito de cavalos e carruagens.

Entramos! Só não conseguimos ser mais rápidos que os dois grupos de orientais que entraram na nossa frente! =x Iniciamos nosso tour com as indicações do audio-guia.

Preciso falar sobre esse audio guia. Geralmente nós cansamos no meio do passeio daquela voz pentelha detalhando até a cor da cueca do rei no dia do seu casamento. Bom esse foi super diferente e eu conclui o passeio, só após ouvir todos os áudios. Ainda comentei com o Chris: “que diferente esse tour, simples e objetivo”. Ele concordou! É isso mesmo, sem muita enrolação conforme vamos caminhando os fatos são pincelados de uma maneira bem objetivo e rápida. O que nos ajudou a conhecer todo o palácio em duas horas.

Sendo assim, desviando de trocentos orientais fervorosos para fotografas até o rejunte do piso, exploramos todos os cômodos que estão aberto para visitação no palácio.

Bem ao centro do prédio encontramos o salão principal e claro o mais bonito. Aquele que me convenceu de que esse era o palácio certo a ser visitado naquele dia. Ele não decepcionou!

O local que era o favorito da Família Sabóia para a realização de festas e eventos da realeza tinha que estar a altura de um salão real. Ao entrar parece que nos teletransportamos para o séc. XVIII para um baile real. O salão está todo cercado por janelas. Permitindo a luz do dia invadir o salão iluminando cada um dos mais minuciosos detalhes daquela obra de arte em forma de salão de festas.

Palácio de Caça de Stupinigi

Se não fosse a audio guia soprando nos meus ouvidos eu iria sair de lá acreditando no que os meus olhos estavam vendo: um salão repleto de colunas esculpidas! Quando na verdade o que os meus olhos estavam vendo era a técnica de perspectiva e jogo de sombra aplicada com uma maestria que era capaz de confundir até os olhares mais atentos e detalhistas.

Era tudo uma pintura!

Palácio de Caça de Stupinigi
Detalhes da pintura do Palácio de Caça

O salão principal estava localizado bem ao centro do palácio. Era bem em cima dele que se encontrava o alce, aquele que visualizamos de longe enquanto nos aproximávamos do local. Símbolo da caça, a versão original do animal em bronze estava exposto na primeira sala de visita. As janelas que estavam muito bem alinhadas com a avenida arborizada, marcavam que a partir dali tinham 10Km de distância até o Palácio Real de Turim.

E o fato do salão de eventos estar bem centralizado, nos dá a felicidade de passar por ele todas as vezes que temos que mudar de ala. Que são quatro: duas delas foram destinadas ao rei e a rainha, separadamente (fico me perguntando o pq?). Outras para os súditos de mais confiança da família real. Por fim, uma ala para os espaços comuns. 

A cozinha está localizada no subsolo e não está aberta para visitação. Assim como os dois andares superiores que também eram reservados aos empregados menos favorecidos.

Gostaria de destacar também um outro detalhe do palácio: as pinturas nas paredes. Algumas delas inclusive são cobertas com tecidos que foram pintados a mão. Outras ganham vida com pinturas de animais, que muitas vezes eram caçados pela família Sabóia e serviam de inspiração para os artistas.

As pinturas são destacadas ao longo do tour, que servem de material de apoio para que o audio guia nos conte a história da família e do palácio. Assim como curiosidades e fatos sobre a prática do esporte da caça.

As florestas circundantes são agora um oásis protegido. Um parque natural, onde os visitantes podem admirar espécies raras de plantas e animais selvagens locais. É possível também alugar uma bicicleta para realizar passeios no parte.

Para saber quais são as outras atrações da cidade leia o post do Passaporte com Pimenta – O que fazer em Turim

O Passaporte com Pimenta contou com o apoio do Turismo Torino com Royal Card Torino de cortesia. Mas as opiniões expressas neste post são independentes.

O Royal Card Torino te dá direito a 48 horas com acesso a todos os palácios da cidade e da região. Com acesso ao transporte público e inclusive transporte regional, para aqueles palácios que se encontram fora da cidade.

Acesse o site do Palacio de Caça de Stupinigi

Leia detalhes sobre o post Palácio Real de Turim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.