Da serra ao mar: 7 cidades para conhecer em um final de semana no Rio de Janeiro

A cidade do Rio de Janeiro é linda, mas o que nem todo mundo sabe é que as belezas do Estado do Rio vão muito além da capital. É possível encontrar cidades cheias de história e charme, que valem um bom passeio e cabem direitinho num programa ‘bate-e-volta’ saindo da capital. Tem destinos para todo gosto, desde o friozinho da serra fluminense até as praias paradisíacas da Costa Verde do estado do Rio de Janeiro.

A cidade do Rio de Janeiro é praticamente passagem obrigatória para todos os brasileiros. Mas já parou para pensar o que tem pra fazer em volta da cidade maravilhosa? Convidei a Klécia do Blog Fui Ser Viajante ( Facebook, InstagramPinterest) para nos contar um pouco mais sobre a região. Ela que é pernambucana, mas carioca de coração nos trouxe sete opções do que fazer em um final de semana ao redor da cidade do RJ.

Por: Klécia

O Rio de Janeiro é um dos locais mais desejados do Brasil quando o assunto é turismo. O mundo inteiro já ouviu falar das belezas de Copacabana, a princesinha do mar, e do Cristo Redentor, uma das sete maravilhas do mundo moderno.

O que nem todo mundo sabe é que as belezas do Estado do Rio vão muito além da capital. É possível encontrar cidades cheias de história e charme, que valem um bom passeio e cabem direitinho num programa ‘bate-e-volta’ saindo da capital. Tem destinos para todo gosto, desde o friozinho da serra fluminense até as praias paradisíacas da Costa Verde do estado do Rio de Janeiro. Com certeza você vai encontrar um destino para amar no Estado do Rio. 🙂

 

Niterói (21 km do Rio de Janeiro)

"A

Não precisamos ir muito longe da capital para achar uma cidade super charmosa e atrativa para visitar no Rio de Janeiro. Para chegar em Niterói, basta atravessar a famosa ponte Rio-Niterói. E em poucos minutos você já pode descobrir as belezas de uma das cidades mais visitadas do estado do Rio.

Minha atração favorita na cidade sempre será o MAC – Museu de Arte Contemporânea projetado por Oscar Niemeyer, com aquela arquitetura incrível e uma vista maravilhosa da Baía da Guanabara. Mas também adoro visitar o Mercado de Peixes São Pedro, para um almoço bem fresquinho direto da colônia de pescadores. Ou passar um tempo em meio a natureza, no Parque da Cidade. Claro que não dá pra esquecer as belas praias de Niterói, como a praia de Icaraí e de Itacoatiara. Nesta última, dá ainda pra aproveitar o fim de dia com uma trilha pelo Costão de Itacoatiara, para um dos mais bonitos pôr-do-sol que você vai ver na vida!

Quer saber mais sobre o Museu de Arte Contemporânea de Niterói? Leia Aqui

 

Petrópolis (65km do Rio de Janeiro)

"A

A Cidade Imperial da Serra Fluminense foi fundada por Dom Pedro II, e batizada em sua homenagem (cidade de Pedro). Petrópolis foi muito utilizada pela monarquia e por alguns presidentes republicanos como cidade de veraneio, ainda na época que o Rio de Janeiro era a capital do Brasil.

Os anos e os reis passaram, mas Petrópolis continua com seu charme e seu clima convidativo. Durante os meses mais frios do ano, grande parte dos cariocas sobem a serra para descansar e aproveitar a temperatura da serra, enquanto se esquentam nas lareiras dos chalés.

O centro histórico de Petrópolis, com seu casario bem preservado, conta um pouco da história do Brasil Imperial. É impossível visitar a cidade sem passar pelo incrível Museu Imperial, que hoje funciona no antigo Palácio de Verão do imperador. Outras atrações na cidade são a Catedral de São Pedro de Alcântara, em estilo gótico e que abriga os túmulos imperiais, e a casa de Santos Dumont, que também escolheu Petrópolis como cidade-refúgio no Brasil.

Ah, sem esquecer que Petrópolis vem despontado para o turismo cervejeiro, com um número cada vez maior de pequenos e grandes produtores de cerveja se firmando na região serrana.

Quer saber mais sobre a cidade de Petrópolis? Leia aqui

Teresópolis (90 km do Rio de Janeiro)

"A

A cidade vizinha de Petrópolis também foi fundada na época do Império. Foi batizada em homenagem à imperatriz Teresa Cristina, esposa de Dom Pedro II. Bem na parte central da cidade, fica o Palácio Teresa Cristina, onde a família costumava passar férias.

A cidade também tem clima de montanha e é impossível não se impressionar com a beleza da natureza em Teresópolis. É na cidade que está localizado o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, aquele que tem o pico do Dedo de Deus.

O grande atrativo da cidade é o ecoturismo, com trilhas e lindas paisagens para visitar na Serra dos Órgãos. Mas a cidade também se destaca pelo clima ameno, charme das construções e bons restaurantes.  Para quem é fã de futebol, vale visitar a bonita Granja Comary, centro de treinamentos da Seleção Brasileira de Futebol.

 

Arraial do Cabo (140 km do Rio de Janeiro)

"A

Ah, o Rio de Janeiro também tem Caribe! Todo verão, quem não desce pra região dos Lagos para alguns dias em Arraial do Cabo morre de inveja do mar azul turquesa que banha a região.

Arraial é bem pequena, e os grandes atrativos são as bonitas praias da região, uma mais encantadora que a outra. Minha favorita: a praia do Forno! Com esse mar perfeito, você pode aproveitar para que Arraial do Cabo é considerada um dos melhores pontos de mergulho do Brasil e viver a experiência de um mergulho de batismo! Não tem melhor lugar para descobrir as maravilhas submarinas do Rio de Janeiro!

A cidade oferece uma boa quantidade de pousadas e restaurantes. É bem conhecida pelos deliciosos pratos de frutos do mar, sempre fresquinhos.

 

Angra dos Reis (160 km do Rio de Janeiro)

"A

Angra dos Reis fica na região da Costa Verde, no litoral sul do estado. E o mar bem verdinho é marca registrada nesse paraíso. Cercado por grandes áreas de mata atlântica preservada, numa cidade encravada entre o mar e a montanha.

Com tanta beleza natural, é difícil escolher o mais bonito de Angra dos Reis. A cidade é bem conhecida pelo luxo dos resorts, grandes mansões de famosos e passeios de barco privativos cheios de glamour. Ao mesmo tempo que dá pra aproveitar a cidade com todo o luxo e requinte, também dá pra aproveitar Angra de uma forma mais ‘roots’. É só pegar um barco e seguir para Ilha Grande, uma das muitas ilhas da região – e provavelmente a mais famosa e bonita.

Você pode acampar ou aproveitar a boa estrutura de pousadas e pequenos restaurantes nas vilas da ilha. Com muitas trilhas de diferentes intensidades, praias com rios, lagos de água doce, paisagens paradisíacas e pouco visitadas, Ilha Grande é um destino perfeito para os fãs do eco-turismo, trekking e turismo de aventura.

 

Búzios (170 km do Rio de Janeiro)

"A

Búzios é um dos meus destinos de praia favoritos no Rio de Janeiro. A cidade tem praias pra todos os gostos, uma mais linda que a outra. A cidade acordou para o turismo com a visita da Brigitte Bardot, que passou pela região na década de 1960 e ficou completamente encantada com a beleza da orla. Desde então, o número de pousadas e visitantes só cresce na cidade.

O mar gelado quase o ano todo não desanima os turistas, que aparecem atraídos pelo charme da Orla Bardot e pela grande quantidade de bons restaurantes e lojas da Rua das Pedras, centro comercial e turístico da cidade, além da beleza das praias.

Vale fazer um passeio de barco e conhecer as mais de 20 praias de Búzios. Com isso, você pode ter uma ideia do que a cidade oferece, e escolher as suas favoritas, para conhecê-las mais de perto. As minhas favoritas são as praias da Azeda e Azedinha, Ferradura e João Fernandes.

 

Paraty (236 km do Rio de Janeiro)

"A

A cidade é Patrimônio Histórico Nacional tombado pelo IPHAN, e é uma forte candidata a Patrimônio da Humanidade. Seu centro histórico é considerado pela Unesco como um dos ‘conjuntos arquitetônicos mais harmoniosos’. E é impossível não concordar, quando a gente passeia pelas ruas de pedra pé-de-moleque e casarios históricos cheios de boemia.

A cidade ainda tem a cara do Brasil colônia. Com a clássica igrejinha virada para o mar, esperando as embarcações que vão e vem todos os dias, com pescadores e turistas que embarcam para os passeios. A cidade é famosa por abrigar inúmeras destilarias e ter uma expressiva produção de pinga. Aproveite para entrar em algumas lojas e se deliciar com os sabores numa degustação. Em julho, a cidade é movimentada por uma incrível festa literária, a Flip – Festa Literária Internacional de Paraty, que reúne escritores, artistas e muitos amantes da escrita do mundo todo na pequena cidade.

Para mais dicas do que fazer no Rio de Janeiro, confira mais dicas e posts no blog Fui Ser Viajante.

Salve esse post no seu Pinterest para ler mais tarde

 

A cidade do Rio de Janeiro é linda, mas o que nem todo mundo sabe é que as belezas do Estado do Rio vão muito além da capital. É possível encontrar cidades cheias de história e charme, que valem um bom passeio e cabem direitinho num programa ‘bate-e-volta’ saindo da capital. Tem destinos para todo gosto, desde o friozinho da serra fluminense até as praias paradisíacas da Costa Verde do estado do Rio de Janeiro.

2 comments

  1. oi… De fato o estado do Rio guarda muitas belezinhas! Algumas eu já conheço e adoro, como Paraty e Niterói. Outras como Búzios e Arraial do Cabo estão na lista de desejos há anos. Lendo aqui as particularidades e atrativos destes lugares, carrego a certeza de que preciso explorar o Rio além da maravilhosa capital.

  2. Mayte, muito obrigada pelo espaço aqui no Passaporte para contar um pouco das belezas desse estado que me adotou e que hoje é meu passatempo de exploração! Espero que, em breve, o Rio receba você e os leitores do Passaporte para uma visita, um samba e uma volta pelos arredores tão charmosos quanto lindos da capital! Abraço!

Deixe uma resposta